Em Cerejeiras, “Opera Rondônia” contempla 192 pacientes com cirurgias eletivas

“Opera Rondônia” gera economia aos municípios, uma vez que pacientes não precisam se deslocar para serem submetidos a cirurgias

Com a finalidade de zerar a fila de espera por procedimentos cirúrgicos no Estado, o Governo de Rondônia lançou na última quinta-feira (10) mais uma edição do Projeto “Opera Rondônia”, desta vez no município de Cerejeiras. A ação vai beneficiar 192 pacientes da cidade com cirurgias eletivas. O investimento do Estado é de R$ 347.559,50 (trezentos e quarenta e sete mil, quinhentos e cinquenta e nove reais e cinquenta centavos). 

“O Governo está trazendo o ‘Opera Rondônia’ para Cerejeiras para dar mais dignidade a população. Esse projeto nasceu do sonho de levar a cada rondoniense que estava há muitos anos na fila de espera por cirurgias a oportunidade de passar pelo procedimento, sem precisar se deslocar da sua cidade”, explica o governador Marcos Rocha.

O prefeito em exercício José Carlos, agradeceu ao Poder Executivo pelo investimento na Saúde que beneficiará os moradores de Cerejeiras. “Além de diminuir a quantidade de pessoas esperando por cirurgias na regulação, o projeto também traz economia para o município, uma vez que o recurso economizado com o não deslocamento, poderá ser investido em outras demandas de necessidades da população”.

Cerimônia de lançamento do “Opera Rondônia” em Cerejeiras

O gestor da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) Fernando Máximo, ressaltou que o “Opera Rondônia” é uma forma de fazer com que a assistência em saúde oferecida pelo Estado fique mais perto dos cidadãos, de forma que eles se sintam acolhidos. “As pessoas de Cerejeiras não precisaram sair daqui para fazer cirurgias em outros municípios, isso traz um alívio para os pacientes, e está sendo possível devido o apoio do Governo à prefeitura com o repasse de recurso e as cirurgias acontecerão no Hospital Municipal”, disse.

A ação está devolvendo a esperança de recuperar a saúde e a qualidade de vida de muita gente, a exemplo do aposentado José Enoque, de 70 anos, um dos contemplados do “Opera Rondônia”. Ele aguarda desde 2019 para passar pela cirurgia de hérnia. “É muito bom que essas cirurgias aconteçam, ainda mais gratuitas, não precisamos pagar pela operação”.

Os procedimentos que serão realizados são: Colecistectomia; Hernioplastia epigastrica; Hernioplastia Incisional; Hernioplastia Inguinal (bilateral) Hernioplastia diafragmatica (via toracica) Hernioplastia diafragmatica (via abdominal); Hernioplastia/Crural (unilateral); Hernioplastia Umbilical; Histerectomia Total; Vasectomia; Laqueadura Tubária; Apendicectomia; Postectomia.

LANÇAMENTOS

De janeiro a fevereiro deste ano, o “Opera Rondônia” já aconteceu em quatro municípios: Rolim de Moura (360 cirurgias ); Ouro Preto (348 cirurgias); Vilhena (3.104 cirurgias) e Nova Mamoré (240 cirurgias). E agora Cerejeiras.

Nesta sexta-feira (11), o “Opera Rondônia” será lançado também em Pimenta Bueno, com previsão de 900 procedimentos cirúrgicos. E no sábado (12), se expandirá para Espigão do Oeste para a realização de 108 cirurgias e Colorado do Oeste para a execução de 179 cirurgias.


Em Cerejeiras, “Opera Rondônia” contempla 192 pacientes com cirurgias eletivas Em Cerejeiras, “Opera Rondônia” contempla 192 pacientes com cirurgias eletivas Reviewed by Jotta Júnior on março 11, 2022 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.