População idosa do Bairro Liberdade aumentou quase 10% em uma década

 


População idosa do Bairro Liberdade aumentou quase 10% em uma década

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga, em caráter experimental, alguns resultados do teste do Censo Demográfico, feito em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal entre novembro de 2021 e fevereiro deste ano.

O teste mostrou que a população com 60 anos ou mais no Bairro Liberdade em Porto Velho subiu 9,5% entre 2010, ano do último Censo Demográfico, e 2021. No Censo, esta faixa etária representava 8,8% da população do Bairro. Já no teste, os idosos foram 18,3%.

Esta foi a primeira vez que o IBGE fez o teste em âmbito nacional e teve o objetivo de verificar os sistemas de coleta, os equipamentos, a abordagem ao informante e os protocolos de prevenção à covid-19 que serão utilizados no Censo 2022. Todas as localidades serão recenseadas novamente a partir do início da coleta do Censo, em 1º de agosto.

Os resultados do teste mostram também que, entre as localidades recenseadas, o Bairro Liberdade apresentou a menor média de morador por domicílio da Região Norte: 2,7. A localidade Eixo Central da Sede do município de Mucajaí, em Roraima, teve a maior média nortista – 3,5 –, seguida da localidade Novo Remanso, no município de Itacoatiara (AM) – 3,4 – e Bairro Laguinho, em Macapá (AP) – 3,3.

O Bairro Liberdade também se destacou como a localidade recenseada com a segunda maior proporção de entrevistas feitas por telefone: 2,8% das 1.046 entrevistas foram por esta modalidade de coleta. A localidade Minas Brasil, em Belo Horizonte (MG), teve a maior porção: 7,5%. Já, considerando todas as localidades brasileiras, a porcentagem foi de 0,6%.

O chefe da Unidade Estadual do IBGE em Rondônia, Luiz Cleyton Holanda Lobato, destaca a relevância da realização do teste em todas as unidades federativas do país. “Foi um grande desafio, mas foi importante para mostrar um pedaço de cada realidade brasileira”.

Ele acrescenta que as localidades serão recenseadas novamente durante o Censo Demográfico para seguir recomendações internacionais de que todo mundo deve ser contado em um mesmo período.

IBGE visitará mais de 70 milhões de domicílios no país a partir de agosto

Em 1º de agosto, a coleta oficial do Censo Demográfico começa em todo o país, mobilizando mais de 200 mil pessoas. Os recenseadores do IBGE vão visitar mais de 70 milhões de domicílios, incluindo os já recenseados durante o teste nacional, para retratar quantos somos e como vivemos.

Os recenseadores sempre trabalham uniformizados, com boné e colete azuis com a logomarca do IBGE. No colete, há também o crachá de identificação, contendo a foto e os números de matrícula e identidade do entrevistador. Eles utilizam um Dispositivo Móvel de Coleta (DMC), semelhante a um smartphone, com uma capa de cor azul, para coleta das informações. Os moradores podem verificar a identidade de todos os entrevistadores através do site respondendo.ibge.gov.br ou do telefone 0800 721 8181.

No dia 1º de agosto o IBGE vai colocar em campo cerca de 180 mil recenseadores devidamente capacitados e uniformizados, dando início a fase de coleta das informações da maior operação censitária da América Latina e uma das maiores do mundo. O Censo será realizado nos meses de agosto a outubro com divulgação dos primeiros resultados prevista para dezembro.

População idosa do Bairro Liberdade aumentou quase 10% em uma década População idosa do Bairro Liberdade aumentou quase 10% em uma década Reviewed by Jotta Júnior on março 17, 2022 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.