Não esqueça: celular é proibido na cabine de votação e armas ficam a 100 metros

Publicidade

Não esqueça: celular é proibido na cabine de votação e armas ficam a 100 metros

Não esqueça: celular é proibido na cabine de votação e armas ficam a 100 metros

Neste domingo, o dia 30 de outubro, data do segundo turno das Eleições 2022, é proibido utilizar aparelhos eletrônicos na cabine de votação (celulares, tablets e máquinas fotográficas, por exemplo). Eleitoras e eleitores deverão deixar o celular com os mesários antes de votar. O aparelho ficará retido durante o período em que a pessoa estiver votando, junto com o documento oficial com foto. A medida visa proteger o eleitorado de eventuais coações e garantir o sigilo do voto previsto na Constituição Federal.