PRF não obedece TSE sobre operações contra eleitores e ministro ameaça prender diretor-geral

Publicidade

PRF não obedece TSE sobre operações contra eleitores e ministro ameaça prender diretor-geral

PRF não obedece TSE sobre operações contra eleitores e ministro ameaça prender diretor-geral

O ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que o diretor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvinei Vasques, interrompa "imediatamente" operações da corporação sobre transporte público de eleitores neste domingo (30), dia do segundo turno das eleições.