No AM, gasolina sobe 3,2% nas primeiras semanas de 2023

Publicidade

No AM, gasolina sobe 3,2% nas primeiras semanas de 2023

Preço gasolina em Manaus. — Foto: Rede Amazônica
1 de 1 Preço gasolina em Manaus. — Foto: Rede Amazônica

Preço gasolina em Manaus. — Foto: Rede Amazônica

O valor médio do litro da gasolina saltou de R$ 4,96 para R$ 5,12 nas primeiras semanas do ano, no Amazonas. A variação representa uma alta de 3,2%, segundo a Agência Nacional do Petróleo.

Nos postos de combustíveis de Manaus, motoristas tentam driblar a alta, afinal, para quem depende do combustível para trabalhar cada centavo faz diferença no final do mês.

"Com esse preço não dá para trabalhar, não. A gasolina tá muito cara", disse o mototaxista Anderson da Silva.

Para driblar as constantes variações no preço do combustível, o motorista de aplicativo Edson Gonçalves disse que optou pelo uso do Gás Natural Veicular, o que ajudou a aumentar em 70% a renda profissional.

"Não estava mais viabilizando rodar com a gasolina. Por isso optamos em utilizar um combustível mais barato que dá uma longevidade maior na quilometragem, trazendo o nosso lucro aí", explicou.

O valor médio do diesel também subiu na capital. Segundo a Agência de Petróleo, o combustível saiu de R$ 6,25 para R$ 6,41. Para o presidente do sindicado dos economistas do Amazonas, Marcus Evangelista, as variações podem impactar outros serviços da sociedade, ampliando a inflação.

"Não estamos falando somente do aumento do preço do combustível, mas aumentos em cascata. Esse aumento dos combustíveis vai influenciar no preço do pão, no preço da passagem de ônibus, do transporte, do delivery, ou seja, se isso ocorrer teremos uma alavancagem da inflação do país", afirmou Evangelista.

O Governo Federal estendeu a medida provisória que prorroga a isenção de impostos para o álcool e a gasolina o dia 28 de fevereiro. Já a desoneração do diesel valerá até o fim do ano.