PGR já tem 40 denúncias prontas sobre envolvidos em atos golpistas, diz Aras em reunião com Lira

Procurador-geral da República, Augusto Aras, em reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira. — Foto: Reprodução
1 de 1 Procurador-geral da República, Augusto Aras, em reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira. — Foto: Reprodução

Procurador-geral da República, Augusto Aras, em reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira. — Foto: Reprodução

O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou nesta segunda-feira (16) que o Ministério Público Federal (MPF) já tem 40 denúncias prontas contra os envolvidos nos atos de terror praticados por bolsonaristas radicais.

Aras informou o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), sobre o número durante um encontro nesta manhã na Procuradoria Geral da República. Lira entregou uma notícia-crime com informações sobre o vandalismo ocorrido no prédio da Câmara.

“Hoje já temos 40 denúncias prontas. E associaremos até sexta feira as novas denúncias que poderão ser acompanhadas de medidas cautelares para essas pessoas que foram presas depredado e invadindo a Câmara Federal, ou se não houver elementos para a denúncia, providenciaremos os inquéritos”, afirmou Aras.

Lira colocou a advocacia da Câmara à disposição para ajudar a instruir o processo contra os invasores e destacou o “risco que o Brasil correu” durante o episódio.

“Muito mais do que a depredação do patrimônio público, um atentado às instituições, o risco que o Brasil correu”, afirmou. “Estamos à disposição do MP para que todas as necessidades de documentação que seja preciso para instruir esse processo a Câmara possa dispor de tudo o que ela puder”, acrescentou Lira.

Notícia-crime

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), entregou nesta segunda-feira (16) ao procurador-geral da República, Augusto Aras, uma notícia-crime com informações a respeito da invasão e depredação do prédio da Câmara dos Deputados por bolsonaristas radicais.

Em 8 de janeiro, radicais apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro invadiram e depredaram os prédios sedes dos três poderes, em Brasília.

A representação entregue por Lira será analisada por um grupo criado pela PGR para apurar os crimes cometidos no episódio. A procuradoria pode propor a abertura de ações penais contra os envolvidos nos atos de terror ainda nesta semana.

Na sexta (13), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), também entregou a Aras uma representação com informações sobre terroristas que invadiram o Senado no domingo (8).

PGR já tem 40 denúncias prontas sobre envolvidos em atos golpistas, diz Aras em reunião com Lira PGR já tem 40 denúncias prontas sobre envolvidos em atos golpistas, diz Aras em reunião com Lira Reviewed by Jotta Júnior on janeiro 16, 2023 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.