Empresário é preso em flagrante durante operação, com vídeos de abusos sexuais contra crianças

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (18) em Rondônia, a Operação Vermifuge, que investiga crimes relacionados à pornografia infantojuvenil pela internet. Policiais federais cumprem dois mandados de busca e apreensão em dois endereços de Cacoal.

As investigações foram iniciadas no mês de junho deste ano, a partir de relatórios enviados pelo NCMEC (National Center for Missing and Exploited Children) à Polícia Federal de Rondônia. O NCMEC é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que estabelece um mecanismo centralizado de recebimento de “denúncias” sobre crimes relacionados a abuso sexual infantil e desaparecimento de crianças. 

Em pronta resposta, o Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal em Porto Velho (GRCC/RO), através de técnicas de investigação, nas quais são utilizadas diversas tecnologias, bem como diligências de campo, conseguiu identificar o responsável pela aquisição e armazenamento de vasto conteúdo relacionado ao abuso sexual infantojuvenil. 

A 2ª Vara Criminal da Comarca de Cacoal expediu os mandados de busca e apreensão que foram cumpridos na residência e na empresa do investigado, um Petshop em Cacoal. No endereço da empresa, durante as buscas, foram encontrados diversos vídeos contendo abusos sexuais em crianças e adolescentes em seu notebook, onde em que foi dada voz de prisão ao investigado.