Encarte mostra foto em preto e branco de plenário devastado pelos atos de terrorismo em janeiro. 'Supremo Tribunal Federal e seus ministros jamais serão intimidados', diz Rosa Weber no material.

Por Márcio Falcão e Fernanda Vivas, TV Globo — Brasília

Encarte mostra plenário antes e após atos de vandalismo, e após restauração — Foto: Márcio Falcão/TV Globo
1 de 2 Encarte mostra plenário antes e após atos de vandalismo, e após restauração — Foto: Márcio Falcão/TV Globo

Encarte mostra plenário antes e após atos de vandalismo, e após restauração — Foto: Márcio Falcão/TV Globo

O Supremo Tribunal Federal distribuiu aos convidados para a abertura do ano judiciário, nesta quarta-feira (1º), um encarte com três imagens do plenário do STF:

  • uma de dezembro, com a visão tradicional da sala de julgamentos;
  • uma de janeiro de 2023, logo após os atos de vandalismo contra as sedes dos Três Poderes;
  • e uma atual, deste mês, já com o espaço completamente restaurado.

O encarte acompanha uma declaração da presidente do STF, ministra Rosa Weber:

"Estarmos reunidos neste Plenário três semanas após os ataques criminosos contra a democracia constitucional é a demonstração de que este Supremo Tribunal Federal e seus ministros jamais serão intimidados na missão precípua da guarda da Constituição", diz Rosa Weber.
"Lembraremos sempre do 8/1/2013 para que ele jamais se repita e para que todos saibam que o STF e sua atuação em defesa do estado democrático de direito são inabaláveis".
Encarte distribuído a convidados na abertura do Ano Judiciário no STF — Foto: Márcio Falcão/TV Globo
2 de 2 Encarte distribuído a convidados na abertura do Ano Judiciário no STF — Foto: Márcio Falcão/TV Globo

Encarte distribuído a convidados na abertura do Ano Judiciário no STF — Foto: Márcio Falcão/TV Globo

Atos terroristas no STF: Golpistas se aproximam da entrada do Supremo

Atos terroristas no STF: Golpistas se aproximam da entrada do Supremo