A Justiça Eleitoral certificou a nova composição da Executiva Estadual do Solidariedade em Rondônia e a legenda terá como presidente, a empresária Mirlene Cruz da Silva. Irmã do deputado estadual Marcelo Cruz (Patriota), a nova presidente do Solidariedade terá a missão de conduzir as eleições municipais de 2024 no Estado e já trabalha o plano de fortalecimento e estruturação da base do partido na capital e interior.
“Nesse momento o objetivo principal é a eleição municipal que se aproxima. A nossa missão é o fortalecimento da legenda nos 52 municípios e elegermos no Estado 40 vereadores e 10 prefeitos, o que nos permitirá a consolidação da base do Solidariedade para as eleições de 2026”, explicou.
Com a nova Executiva Estadual do Solidariedade consolidada em Rondônia, aumenta a possibilidade de Marcelo Cruz ingressar na legenda. Liderança emergente do estado e eventual candidato na disputa à Prefeitura de Porto Velho nas eleições de 2024, Marcelo Cruz foi reeleito com 18.798 votos e está no segundo mandato. Atualmente é presidente da Assembleia Legislativa.
Câmara de Porto Velho
Em Porto Velho, segundo Mirlene Cruz, o partido começa a trabalhar a composição de uma nominata completa à Câmara dos Vereadores e tem como meta eleger 4 vagas. “Iniciamos uma conversa com várias lideranças políticas do município na composição de nomes na disputa à Câmara”.
Ela explica que ano passado a Câmara aprovou projeto alterando o artigo 45 da Lei Orgânica do Município elevando o número de cadeiras de 21 para 23. “Essa mudança aumenta a possibilidade de elegermos a maior bancada do Solidariedade nas próximas eleições”.
 
Veja como ficou a nova executiva do Solidariedade:
Mirlene Cruz da Silva (presidente)
Ednei Lima Pinheiro (Primeiro vice-presidente)
Eliane Gomes de Jesus (Secretária-Geral)
Edivânia Gonçalves da Silva (1º secretária)
Vitor Hugor (Tesoureiro)
Rosinaldo Gomes Pires (1ºTesoureiro)
Jéssica Caroline Crispin (Secretária da Mulher)
José Augusto Diogo Leite (Secretário de Esporte, Cultura e Lazer)