Grupo chegou a Khan Younes, no sul, de onde aguardam sinal verde da Embaixada do Brasil na Palestina para cruzar a fronteira com o Egito, de onde avião da FAB aguarda para transportá-los ao Brasil.

Por g1

Noura Bader embarca novamente em ônibus para sul de Gaza neste sábado (14)

Noura Bader embarca novamente em ônibus para sul de Gaza neste sábado (14)

Depois de ter a viagem adiada por conta de novos bombardeios, o grupo de 19 brasileiros que tenta deixar a Faixa de Gaza conseguiu embarcar novamente em um ônibus fretado pela Embaixada do Brasil na Palestina e chegou ao sul do território neste sábado (14), segundo o embaixador brasileiro, Alessandro Candeas.

O grupo conseguiu fazer o trajeto entre o abrigo no norte de Gaza, onde estavam, e a cidade de Khan Younes no sul, e aguardavam sinal verde da Embaixada do Brasil na Palestina para seguir até a fronteira entre a Faixa de Gaza e o Egito.

Eles têm agora uma janela de poucas horas para conseguir cruzar a fronteira.

Segundo fontes das negociações entre Egito, Israel e Estados Unidos ouvidas pela agência de notícias Associated Press e pela rede de TV Al-Jazeera, as partes chegaram a um acordo para abrir a fronteira entre o sul de Gaza e o Egito - que está fechada desde o início da guerra entre Hamas e Israel.

Mas fontes de Washington disseram à Al-Jazeera que a fronteira ficará aberta entre meio-dia e 17h no horário local (entre 06h e 11h no horário de Brasília).

Os brasileiros serão levados até a cidade de Khan Younes e, de lá, tentarão cruzar a fronteira de Gaza com o Egito, em Rafah, para depois embarcar em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) no Cairo até o Brasil.

Mais cedo, a agência de notícias Associated Press afirmou, com base em fontes do governo egípcio, que Egito e Israel conseguiram chegar a um acordo para abrir a fronteira entre o sul de Gaza e Rafah, no nordeste do Egito.

Esse corredor durará apenas durante a tarde deste sábado, e só cidadãos estrangeiros poderão passar por ele, segundo o acordo.

Trajeto

Noura Bader embarca novamente no ônibus pouco antes das 14h de sábado (14), no horário local, na segunda tentativa para deixar Gaza; — Foto: Arquivo pessoal

A viagem entre o abrigo de onde o grupo saiu, no norte de Gaza, e a fronteira sul deve durar cerca de duas horas. O trajeto é de apenas 25 quilômetros - em tempos normais, duraria cerca de 30 minutos.

Mas a previsão é de duas horas por conta da situação no território, e a viagem pode demorar ainda mais, caso haja novos bombardeios de Israel.

O motorista do ônibus, segundo o grupo, disse não haver informações sobre bombardeios na rota. O embaixador Alessandro Candeas afirmou também que a Embaixada informou a placa e o modelo do ônibus a autoridades de Israel e ao Hamas, que governa e controla a Faixa de Gaza.

Segunda tentativa

Brasileiros começam a embarcar em ônibus para deixar norte de Gaza — Foto: Arquivo pessoal

Mais cedo, os brasileiros chegaram a colocar bagagens no porta-malas do ônibus, mas, por conta de informações sobre novos bombardeios de Israel no trajeto, tiveram de voltar ao abrigo onde estavam.

Os brasileiros aguardavam a autorização da Embaixada do Brasil na Palestina para iniciar o deslocamento desde o início da manhã.

No entanto, perto das 12h em Gaza (06h no horário de Brasília), o embaixador Alessandro Candeas informou que não obteve o sinal verde de Israel para que o grupo atravessasse o território.

Os ônibus para transporta-los chegaram durante a noite de sexta-feira (13), mas embaixada brasileira na Palestina considerou que era muito arriscado iniciar o deslocamento, por conta da série de bombardeios realizados por Israel.

Os brasileiros estavam abrigados na escola Rosary Sisters School, ao norte de Gaza, e precisam chegar até a cidade de Khan Younes, no sul.

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, afirmou na sexta-feira (13) que o embarque será realizado em um local no Egito perto da fronteira com a Faixa de Gaza, e não mais na capital, Cairo.

VEJA IMAGENS DOS BRASILEIROS CARREGANDO OS ÔNIBUS:

Brasileiros começam a embarcar em ônibus para deixar norte de Gaza — Foto: Arquivo pessoal

Brasileiros começam a embarcar em ônibus para deixar norte de Gaza — Foto: Arquivo pessoal

Brasileiros começam a embarcar em ônibus para deixar norte de Gaza — Foto: Arquivo pessoal

Brasileiros começam a embarcar em ônibus para deixar norte de Gaza — Foto: Arquivo pessoal