Premiação do Ministério Público busca reconhecer e valorizar as produções jornalísticas de Rondônia.

Por g1 RO

Vencedores do 12º Prêmio de Jornalismo do MP-RO — Foto: Jônatas Boni/g1 RO
1 de 2 Vencedores do 12º Prêmio de Jornalismo do MP-RO — Foto: Jônatas Boni/g1 RO

Vencedores do 12º Prêmio de Jornalismo do MP-RO — Foto: Jônatas Boni/g1 RO

g1 ocupou 1º e 2º lugar na categoria "Webjornalismo" do 12º Prêmio de Jornalismo do Ministério Público de Rondônia (MP-RO). A solenidade de premiação aconteceu na noite da quinta-feira (16), na sede do órgão, em Porto Velho.

O tema do concurso foi "O Protagonismo do Ministério Público na Manutenção da Democracia e Construção da Cidadania".

As duas reportagens premiadas foram escritas pela jornalista Jaíne Quele Cruz e tratam sobre questões envolvendo as comunidades ribeirinhas de Porto Velho, como a problemática do transporte escolar fluvial que afetou a região por pelo menos cinco anos.

g1 também foi premiado na categoria Destaque Acadêmico, em terceiro lugar, com uma reportagem que trata sobre dignidade menstrual a detentas e pessoas de baixa renda em Rondônia, escrita pela estudante Loide Gonçalves.

Pela Rede Amazônica, o repórter Fábio Diniz ocupou a terceira posição na categoria Telejornalismo, com uma reportagem sobre a Operação Manpiguari.

Operação Mapinguari: Veja como foram as primeiras ações para desocupar parque em Guajará

Operação Mapinguari: Veja como foram as primeiras ações para desocupar parque em Guajará

O evento teve a palestra do jornalista Marcelo Canellas, com o tema “Direitos Humanos e Informação”. Essa foi a segunda participação de Canellas no Prêmio MPRO de Jornalismo.

Veja abaixo, por categoria e posição, as reportagens que foram premiadas: