Imagens divulgadas nas redes sociais de cachorro sendo agredido em RO — Foto: Reprodução/Redes sociais
1 de 1 Imagens divulgadas nas redes sociais de cachorro sendo agredido em RO — Foto: Reprodução/Redes sociais

Imagens divulgadas nas redes sociais de cachorro sendo agredido em RO — Foto: Reprodução/Redes sociais

O vídeo de um homem agredindo e afogando um cachorro em um tanque de roupa causou revolta nas redes sociais, nesta sexta-feira (10), em Rondônia. Nas imagens é possível ver o suspeito dando tapas na barriga e enfiando a cabeça do animal à força dentro da água.

A Polícia Civil de Ariquemes já identificou o agressor, segundo informou o delegado Regional, Ricardo Rodrigues. O suspeito que aparece nas imagens é morador de Cacaulândia (RO).

De acordo com o delegado, tanto a pessoa que filmou quanto a que postou o vídeo na internet serão investigadas.

Apesar das buscas realizadas pela polícia nesta sexta-feira na cidade de Cacaulândia, no endereço do suspeito, o mesmo não foi encontrado.

Familiares afirmaram que o homem possui transtornos psiquiátricos e será apresentado à justiça. Um inquérito policial foi aberto para apurar as responsabilidades. Ainda não há informações se o vídeo é recente e nem se o cachorro sobreviveu aos maus-tratos.

A Associação Amigos dos Animais de Ariquemes (Asamar) emitiu uma nota de repúdio, e um voluntário, José Roberto, foi até a delegacia para registrar um boletim de ocorrência.

"Nosso total repúdio a essa atitude, não há palavras para descrever a nossa indignação a esse vídeo. Queremos justiça por esse ser indefeso", disse a Asamar.