Enem PPL em Rondônia — Foto: Governo de Rondônia
1 de 1 Enem PPL em Rondônia — Foto: Governo de Rondônia

Enem PPL em Rondônia — Foto: Governo de Rondônia

O Exame Nacional do Ensino Médio para Privados de Liberdade (Enem PPL) acontece em uma data diferente da prova comum: 12 e 13 de dezembro. Em Rondônia, 1.421 reeducandos se inscreveram e poderão usar a nota para ingressar no ensino superior.

Candidatos a partir de 18 anos e com ensino médio completo têm a possibilidade de usar o desempenho na modalidade do Enem PPL. Menores de 18 anos de idade, que estão no Sistema Socioeducativo, também devem fazer a prova como treinamento para se familiarizar com o processo.

Preparação

Segundo o Governo de Rondônia, aulas e materiais de estudo são disponibilizados para os reeducandos dentro das unidades prisionais. Além de avançarem o nível escolar, os internos recebem o benefício da remição: redução de um dia de pena a cada 12 horas de estudo, previsto na Lei de Execução Penal.

As inscrições são feitas pelos representantes pedagógicos de cada unidade prisional ou socioeducativa. Os apenados assinam eletronicamente um termo de compromisso junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Quando o Enem PPL será aplicado?

As provas serão realizadas nos dias 12 e 13 de dezembro.

Local da prova

O Enem PPL é realizado em locais adequados para a aplicação, dentro das unidades prisionais ou socioeducativas que aderiram ao exame. O responsável pedagógico deve determinar as salas de provas dos participantes e a transferência entre as unidades, quando necessário.

Sobre a prova

Embora seja uma prova direcionada a esse público-alvo, o Enem PPL cobra o mesmo conteúdo que o Enem regular exige de todos os estudantes que já terminaram o ensino médio. Os candidatos farão uma redação, com tema diferente da aplicação regular, e responderão 180 questões objetivas de Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática.

Divulgação das notas

O Gabarito fica disponível no dia 27 de dezembro e resultado das provas no dia 16 de janeiro de 2024. Ambos deverão ser informados aos participantes pelo responsável pedagógico das unidades prisionais.

Depois do Enem PPL

Com o desempenho em mãos, os inscritos podem participar de programas de acesso à educação superior, como o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).