Buteco do Gusttavo Lima, em Manaus — Foto: g1 AM
1 de 2 Buteco do Gusttavo Lima, em Manaus — Foto: g1 AM

Buteco do Gusttavo Lima, em Manaus — Foto: g1 AM

A organização do "Buteco Manaus 2023", que ocorre neste sábado (2), proibiu a entrada de água no evento. A programação da festa conta com shows nacionais de Gusttavo Lima, Bruno & Marrone e Simone Mendes. A medida viola portaria nacional e uma lei estadual.

A Fábrica de Eventos, que faz parte da organização do show na capital, ainda não se manifestou. O g1 procurou a organização nacional do "Buteco" e não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

Acionado por consumidores e pela Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) disse que já está atuando no caso.

Show em Manaus proibe entrada de água — Foto: Reprodução

A organização fez uma postagem com itens proibidos no show. A lista incluía "bebidas de qualquer natureza". No entanto, após receber comentários negativos, a empresa apagou o post.

Proibir a entrada de água em shows contraria uma portaria publicada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, que liberou a entrada de garrafas de água para uso pessoal em shows no país. O mesmo documento obriga produtores a oferecer água de graça em dias de forte calor.

A portaria foi publicada após a morte de Ana Clara Benevides, de 23 anos, que passou mal durante o show da cantora Taylor Swift no dia 17 de novembro, no Rio de Janeiro.

Não permitir a entrada de água em shows também viola uma lei estadual do Amazonas. A lei 4.782/2019 diz que os consumidores podem entrar com água e alimentos em cinemas, teatros, museus, parques, circos, casas de show, estágios, ginásios e locais de eventos públicos ou privados.