Aos 40 anos muitas pessoas já começam a se sentir velhos e sem chances de ficar rico, contudo, essa é uma idade perfeita para começar


A alguns anos atrás, provavelmente você se imaginava de maneira diferente da que vive hoje aos 40 anos. Esse é um cenário comum, afinal, apesar de idealizarmos e sonharmos com muitas coisas, a vida pode nos levar para caminhos completamente diferentes.

Contudo, chegar aos 40 anos sem a tão sonhada liberdade financeira não é problema algum, mesmo que algumas vezes você se sinta velho, não é o fim da linha e você ainda tem muita lenha para queimar para garantir um futuro mais próspero financeiramente falando.

Embora existam alguns obstáculos a superar, os 40 anos, são, na verdade, um excelente momento para começar a poupar e investir a longo prazo. Pensando nisso, nos vamos apresentar oito maneiras comprovadas de construir sua riqueza pouco a pouco após os 40 anos.

Quanto de patrimônio uma pessoa de 40 anos deve ter?

Ao chegar nos 40 anos, e em busca de ter mais liberdade financeira, provavelmente você terá uma receita maior do que a 10 anos atrás, contudo, também terá mais despesas, certo? Concentrar-se no seu dinheiro e no que faz com ele é fundamental para determinar seu futuro daqui para frente.

Muitos especialistas sugerem que aos 40 anos, seu patrimônio líquido deve ser igual a 50% de sua renda bruta anual. Por exemplo, se sua renda é R$ 60 mil por ano, você precisa ter cerca de R$ 30 mil guardados em investimentos ou em poupança, para ter dinheiro suficiente para economizar até a aposentadoria.

Contudo, se você ainda não chegou lá, tudo bem, não há motivos para se preocupar. Isso porque, mesmo uma pequena quantia de dinheiro economizada todo mês poderá gerar retornos significativos a longo prazo.

Lembre-se que somos imediatistas, queremos tudo para agora, contudo, quando se fala de dinheiro, é preciso ter disciplina e pensar a longo prazo, logo, mesmo que invista apenas R$ 200 por mês aos 40 anos você poderá ter economizado mais de R$ 150 mil até seus 60 anos.

Maneiras comprovadas de construir riqueza aos 40 anos

A concepção de “riqueza” varia de pessoa para pessoa, sendo que para alguns, o objetivo pode ser se tornar um magnata no mercado imobiliário, enquanto para outros, uma renda estável após a aposentadoria já é motivo de completa satisfação.

Aqui, apresento oito abordagens consolidadas para construir riqueza aos 40 anos, levando em consideração seus objetivos pessoais.

1. Reavalie seus objetivos

Ao atingir os 40 anos, é natural que os objetivos tenham evoluído desde sua juventude. Seja a compra de uma casa, formação de uma família ou empreender, este é o momento propício para reexaminar e ajustar metas financeiras e pessoais, garantindo que sejam específicas e relevantes para sua vida.

Além disso, se você está casado, é fundamental alinhar sua vida financeira junto ao seu parceiro, procure métodos de estabelecer metas específicas, mensuráveis, alcançáveis e principalmente com prazos definidos para começar a mudar a maneira como você tem tratado o dinheiro.

2. Atualize seu orçamento

Com mudanças no estilo de vida desde os 20 e poucos anos anos, como possivelmente um espaço de vida maior e mais móveis, é muito importante ajustar seu orçamento. Persistência e foco podem levar à redução significativa das dívidas, possibilitando a realocação de renda extra para poupança e investimentos. Evitar excessos de estilo de vida é fundamental, priorizando o pagamento de dívidas e investimentos em vez de atualizações constantes no estilo de vida.

3. Seu foco precisa ser reduzir as dívidas

Concentre-se em quitar dívidas com juros elevados, como as do cartão de crédito, vivendo abaixo das suas posses e direcionando recursos extras para acelerar a redução da dívida. Estratégias como redução de custos de vida, escolhas mais econômicas em viagens e manutenção de veículos podem contribuir para esse propósito.

4. Tenha um fundo de emergência

Oportuno é o acréscimo constante ao fundo de emergência ou a sua criação, visando prevenir endividamentos em situações inesperadas, como despesas médicas ou perda de emprego. Especialistas sugerem reservar entre 3 a 6 meses de sua renda total para este fim.

5. Comece a planejar sua aposentadoria

Aos 40 anos, é extremamente importante considerar seriamente a segurança financeira durante a aposentadoria. Não pense apenas em viver com salário da aposentadoria, afinal, este é um valor que deve ser apenas uma das suas fontes de renda.

Pense no que pode fazer até chegar no dia de sua aposentadoria, onde pode economizar, onde pode investir, a dica aqui é não esperar que a idade chegue e você se aposente, sem um plano concreto, seja abrindo um pequeno negócio paralelo, investindo e guardando dinheiro, você poderá ter dificuldades na fase final da sua vida.

6. Não invista em especulação

Enquanto algum risco é aceitável, é prudente evitar investimentos especulativos de alto risco. A média do custo em reais é uma estratégia recomendada, permitindo investimentos regulares independentemente das flutuações do mercado.

7. Invista constantemente em você

Já reparou que todas as pessoas que se destacam e se dão bem na vida tem uma coisa em comum? Quer saber qual é? Todas elas são especialistas em alguma coisa. Já reparou que você pode aprender sobre qualquer coisa na internet com pessoas que se deram bem? Pois é, todas elas são especialistas em sua área.

Logo, é fundamental investir continuamente em você até que se torne um especialista na sua área, a partir daí, você é quem será a pessoa que estará instruindo outras pessoas, logo, será sua vez de ter destaque e começar a ganhar dinheiro de verdade.

8. Crie um grupo idealizador

Participar de um grupo idealizador, seja presencial ou online, é uma maneira super eficaz de compartilhar experiências, obter conselhos financeiros e estabelecer conexões. Além disso, buscar mentores que já percorreram caminhos similares pode enriquecer sua jornada financeira e profissional.