Na manhã de ontem, 30, no Bairro Porto Feliz, em Machadinho do Oeste, o senador Confúcio Moura (MDB) acompanhado do vice-prefeito, Claudemir Rodrigues, da secretária de educação, Iaane Cordeiro, e do vereador Abraãozinho, vistoriou a retomada das obras da creche municipal, que já está em estágio final.  A obra, extremamente necessária para a comunidade, teve inicio há cinco anos e estava paralisada há mais de um ano.

Para o senador, a paralisação de obras públicas é a maior das agressões feitas aos cidadãos. “Uma obra só nasce após muito debate, planejamento, atendimento de dezenas de critérios e a mobilização de recursos públicos, além da expectativa criada nas pessoas que vão se beneficiar dela. Se não concluída, todos perdem, inclusive o gestor”, afirma o parlamentar.

Defensor de que, mesmo que haja distorções ao longo da construção, Confúcio Moura acha que é melhor concluir a obra e destiná-la para a sua finalidade do que parar no meio do caminho e buscar a superação dos problemas. “As vezes se embargam obras concluídas por anos, aí vira um elefante branco no meio da comunidade, que precisa dela, mas não pode usá-la, por que o impasse jurídico não avança. Isso é judiar da população!”, diz.

No senado federal, Confúcio Moura tem defendido que o governo federal retome todas as obras paralisadas espalhadas pelo Brasil, estimadas em 14 mil. “Recentemente, o Ministério da Saúde informou que retomará 95 obras paralisadas em Rondônia. São hospitais, UBS, clinicas, laboratórios. Estamos tratando com o ministro da educação, Camilo Santana, para que faça o mesmo. Tão importantes quanto unidades de saúde, as unidades educacionais ajudam as pessoas a definirem seus futuros.

 Confúcio Moura explicou que está que está trabalhando em Brasília para garantir que todas as obras públicas de Rondônia, paralisadas, sejam concluídas. “Retomar obras paralisadas é salvar vidas e garantir o futuro das pessoas”, pontuou.