Siga orientações da Energisa para evitar acidentes com a rede elétrica durante construções e reformas

Neste período de intensa atividade na construção civil e reformas de imóveis, a atenção aos cuidados com a rede elétrica se torna essencial. A Construção Civil, sendo um dos setores econômicos com maior incidência de acidentes de trabalho registrados, destaca-se também pelos incidentes de origem elétrica.

O coordenador de Saúde e Segurança da Energisa Rondônia, Caio Ramos, ressalta a importância de medidas preventivas na hora de construir ou reformar. Contratar profissionais capacitados e garantir treinamentos adequados para as equipes são passos fundamentais. O não uso de equipamentos de segurança e a falta de experiência são apontados como as principais causas de ferimentos e até mesmo mortes decorrentes de choques elétricos.

Com foco na responsabilidade de assegurar a segurança e evitar situações de risco, Caio elaborou uma lista de cuidados especiais com instalações elétricas que os trabalhadores precisam observar durante o desenvolvimento de projetos.

Seguem abaixo algumas orientações de segurança:

  • Em construções ou reformas, mantenha uma distância mínima de até 3 metros da rede elétrica, especialmente ao movimentar materiais metálicos, como barras de ferro, andaimes, vergalhões, escadas e arames;
  • Preste atenção à distância da rede elétrica em construções e manutenções de telhados;
  • Ao instalar ou consertar antenas, tenha cuidado com a rede elétrica, escolhendo um local afastado dos fios, principalmente em dias sem chuva;
  • Planeje a colocação de andaimes, pois estes devem ficar distantes da rede de energia e devidamente sinalizados;
  • Manobre caminhões com cuidado para evitar o contato ou dano à rede elétrica;
  • Nunca tente remover materiais em contato com a rede elétrica, pois podem conduzir eletricidade e causar acidentes;
  • Mantenha a fiação fora do alcance de crianças;
  • Evite utilizar "benjamins" (também conhecidos como T) para ligar mais de um aparelho na mesma tomada, pois isso pode sobrecarregar a instalação elétrica, provocar curto-circuito e incêndios.

Caio lembra ainda que, em caso de choque elétrico dentro da unidade consumidora, não se deve tentar tocar na pessoa afetada. A melhor forma de ajudar é desligar o disjuntor ou a chave geral e ligar para o serviço de emergência no 190 ou 193.

Se o acidente ocorrer em via pública, evite o contato direto com a pessoa afetada, pois ela pode estar em contato com partes energizadas. Nesse caso, peça ajuda para isolar/sinalizar a área e entre em contato imediatamente com a Energisa pelo telefone 0800 647 0120 para o desligamento da energia.

Para dúvidas ou serviços da Energisa, os clientes podem entrar em contato pelos canais de comunicação, incluindo o call center, Whatsapp Gisa (69) 99358-9673, site oficial (energisa.com.br), e o aplicativo Energisa On, disponível para download no Google Play ou App Store.

Rondoniagora.com