O Amazonas teve todos seus endereços localizados no Censo 2022, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira (2). O levantamento apontou que o estado tem mais de um milhão de domicílios particulares e mais de 200 mil estabelecimentos. Confira os dados abaixo.

Os números são das Coordenadas Geográficas de Endereços, registradas no Censo 2022, e divulgados , em todo país. No Brasil, foram registradas 111.102.875 coordenadas geográficas e no Amazonas 1.658.970.

Endereços localizados no AM:

  • Domicílios particulares: 1.305.348
  • Domicílios coletivos: 2.058
  • Estabelecimentos agropecuários: 61.722
  • Estabelecimentos de ensino: 7.052
  • Estabelecimentos de Saúde: 2.738
  • Estabelecimentos para outras finalidades: 194.050
  • Edifícios em construção: 66.868
  • Estabelecimentos religiosos: 19.134

No Amazonas, o Censo 2022 registrou 1.6 milhões de coordenadas, que localizam várias espécies (finalidades de uso) de endereços, dos quais 78,7% (ou 1,3 milhões) são domicílios particulares e 0,1% (ou 2,5 mil) são domicílios coletivos;

No Estado, o Censo 2022 também registrou as coordenadas de 194 mil estabelecimentos de outras finalidades (ou 11,7%% do total de endereços), além 61,7 mil estabelecimentos agropecuários; 7 mil estabelecimentos de ensino; 2,7 mil estabelecimentos de Saúde; 19 mil estabelecimentos religiosos e 67 mil edificações em construção ou reforma;

Os endereços visitados fazem parte do Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos (CNEFE), utilizado pelo IBGE em suas pesquisas domiciliares, como a POF e a PNAD Contínua.

Censo Demográfico

O resultado de todo o trabalho de coordenadas geográficas integra o Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos (CNEFE), que é a base de endereços usada pelo IBGE não só no Censo Demográfico, mas também em outras pesquisas domiciliares, como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua; a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF); e a Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde (PNDS).

A partir da divulgação, os microdados estão à disposição da sociedade para aplicação em diversas situações. As coordenadas geográficas dos endereços também podem ser utilizadas juntamente com outras bases de dados, como áreas de risco identificadas pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM).