Consolidado como a plataforma de streaming brasileira de maior audiência no país, o Globoplay atinge no primeiro trimestre desse ano, e de forma antecipada, as metas que haviam sido definidas para o negócio em 2019, e Erick Brêtas, à frente da área até então, decidiu que é hora de enfrentar novos desafios.

Na Globo desde 1997, quando chegou como estagiário no Jornalismo, Erick comandou o time que, em 2015, criou o Globoplay. Esteve no Vale do Silício, de onde contribuiu para a aceleração do processo de transformação digital da empresa e de onde voltou, em outubro de 2019, para reassumir a plataforma de streaming, conduzindo a área de Produtos e Serviços Digitais e assumindo, depois, a diretoria de Produtos Digitais e Canais Pagos.

A gestão do Globoplay, de um portifólio de sites e produtos que lideram seus segmentos no ambiente digital – g1, ge, gshow, globo.com e Cartola –, e ainda dos canais pagos, dos negócios internacionais e da Globo Filmes passará agora para as mãos de Manuel Belmar, hoje diretor de Finanças, Jurídico e Infraestrutura.

Dono de uma trajetória executiva sólida e de sucesso, Belmar está no Grupo Globo desde 2003 e, no processo de integração dos negócios da Globo, liderou a construção da visão e do modelo D2C (direct to consumer) da empresa, contribuindo com sua capacidade estratégica apurada e domínio do negócio e do mercado.

Abaixo a íntegra do comunicado interno divulgado hoje pelo diretor-presidente da Globo, Paulo Marinho:

MUDANÇA NA LIDERANÇA DE PRODUTOS DIGITAIS E CANAIS PAGOS

Há alguns meses, Erick Brêtas me procurou para compartilhar suas reflexões a respeito do seu momento de carreira e me lembrar que neste primeiro trimestre de 2024 o Globoplay estaria atingindo os objetivos combinados entre a empresa e ele em 2019, quando reassumiu o comando da plataforma. Seu dever estava cumprido e, após 26 anos de dedicação à Globo, ele desejava seguir por novos rumos profissionais, com a segurança de que a estratégia digital da empresa está consolidada e seguirá seu caminho de sucesso.

Erick construiu um legado, imprimindo sua marca em cada etapa, sempre com vontade de fazer diferente, transformar e inovar. Começou como estagiário em abril de 1997 e seguiu sua trajetória no Jornalismo da TV Globo, onde ocupou posições de destaque como editor-chefe do ‘Jornal da Globo’ e diretor regional de Jornalismo do Rio. Nesta posição, aliás, foi um dos líderes do time que conquistou o Emmy Internacional, em 2011, na categoria Notícias. Seu perfil inquieto e curioso fez com que desbravasse outras oportunidades, mergulhando no digital. Mais tarde, em 2015, essa sua busca pelo novo o conduziria até a liderança da criação do Globoplay, que contribuiu para reafirmar nossa estratégia de aproximação e oferta direta ao consumidor brasileiro.

Para avançarmos, era necessário conhecer outros mercados, mapear novos parceiros, oportunidades de investimentos e buscar o que de mais moderno existia no polo de inovação do mundo: o Vale do Silício. Lá, como diretor de negócios, Erick conectou a Globo a empresas de ponta em tecnologia, que contribuíram para acelerar nosso processo de transformação digital. Após quase dois anos de vivência fora do país, retornou para reassumir o Globoplay, trazendo na bagagem o repertório necessário para alavancar a evolução da nossa plataforma.

Durante a unificação das empresas, Erick conduziu a criação da área de Produtos e Serviços Digitais, que concentrou, além da nossa plataforma de streaming, um portifólio de sites e produtos que lideram seus segmentos no ambiente digital – G1, GE, GShow, Globo.Com e Cartola. Alguns anos depois, assumiu Canais Pagos, Negócios Internacionais e Globo Filmes, resultando na diretoria de Produtos Digitais e Canais Pagos.

No Globoplay, a diversidade de conteúdos representada pelos canais da Globo e pelo nosso portifólio de originais atraiu milhões de assinantes e consolidou nosso serviço como um dos poucos players regionais de streaming capazes de competir, em seu país, com as plataformas globais. Erick se despede, deixando marcos importantes para Globo e para todos nós.

Para assumir a liderança de Produtos Digitais e Canais Pagos, convidei Manuel Belmar, atual diretor de Finanças, Jurídico e Infraestrutura, área que continuará sob sua gestão.

Belmar tem uma trajetória executiva sólida e de sucesso, dentro e fora da Globo. Ingressou no Grupo em 2003, como gerente-geral de tesouraria na Infoglobo, e posteriormente foi promovido a diretor financeiro. Em 2009, assumiu a diretoria financeira e de gestão da Globosat. Alguns anos depois, ampliou seu escopo, tornando-se diretor de operações, tendo também entre suas responsabilidades as frentes de tecnologia e engenharia, vendas de publicidade e transformação digital. Durante o Programa UMASOGLOBO, liderou o grupo que trabalhou na construção da visão e do modelo D2C - direct to consumer– agregando com sua capacidade estratégica apurada e domínio do nosso negócio e do mercado. Seu estilo de liderança é reconhecido por todos e muito alinhado aos nossos valores e à nossa Cultura.

Belmar seguirá os compromissos de buscar cada vez mais o crescimento dos produtos digitais da Globo, gerir o portifólio da área de Produtos Digitais e Canais Pagos, garantindo o equilíbrio entre os modelos de negócio, e explorar diferentes segmentos, de acordo com a evolução de hábitos do consumidor, mantendo o foco em resultados cada vez mais relevantes e que atendam às necessidades do público brasileiro, hoje e no futuro.

Em meu nome e da minha família, agradeço ao Erick pelo comprometimento e pela dedicação à Globo ao longo destes anos. Ao Belmar, desejo muito sucesso no novo desafio.

Paulo Marinho
Diretor-presidente da Globo

Erick Brêtas — Foto: Reprodução/Instagram/@erick_bretas