Ex-prefeito de Candeias paga fiança de R$ 5 mil e é solto; ao ser abordado pela PRF, disse que nada sabia sobre arma

Após pagar fiança de R$ 5 mil, o ex-prefeito de Candeias do Jamari, Valteir Queiroz foi liberado do Departamento de Flagrantes de Porto Velho, na madrugada deste sábado (17). Ele foi preso na noite de sexta-feira pela Polícia Rodoviária Federal, de posse de uma arma calibre 32.

Os policiais estavam realizando fiscalizações no posto da PRF, na BR-364, quando abordaram Valteir Queiroz, que seguia pela rodovia, sentido Porto Velho, dirigindo um veículo Pajero. Ele estava na companhia de outro homem. 

Durante a revista, os policiais encontraram uma capa de colete balístico dentro do carro, o que chamou a atenção da equipe.

Questionado, o ex-prefeito disse que não tinha nada de ilícito, mas na revista minuciosa, os policiais encontraram um revólver municiado, dentro do porta-luvas.

Sobre a arma encontrada, Valteir Queiroz disse que não sabia a existência do armamento dentro do carro, alegando que o veículo era usado por outras pessoas.

Ao ser informado que o passageiro seria levado junto com Valter Queiroz para a delegacia, ele resolveu assumir ser o proprietário do revólver, afirmando não recordar de quem teria comprado. 

Levado para o Departamento de Flagrantes, o ex-prefeito foi ouvido pelo delgado de plantão, pagou fiança de R$ 5 mil e foi liberado para responder em liberdade.

Após ser liberado, o ex-prefeito justificou a posse da arma afirmando que está fazendo sua própria segurança e de sua família, uma vez que não tem mais direito a segurança do estado, depois que foi cassado.

Rondoniagora.com