Segundo o órgão, as fiscalizações estão sendo intensificadas devido o aumento dos blocos e das bandas de carnaval na cidade.

Cerca de 734 condutores foram abordados, destes, 201 foram autuados sendo 84 por alcoolemia e 29 por recusa, informou o Detran-AM.

Segundo o coordenador-geral de Fiscalização da instituição, Arthur Cruz, a finalidade principal das operações é garantir a segurança viária e reduzir os índices de acidentes de trânsito relacionados ao consumo de álcool.

“O Detran Amazonas estará presente nas ruas até o final de fevereiro, enquanto houver bandas de Carnaval, com a finalidade de trazer segurança à população amazonense, ao coibir a mistura entre álcool e direção”, alertou Arthur.

Balanço

Na virada da sexta-feira para o sábado, a fiscalização aconteceu no bairro Parque das Laranjeiras, zona centro-sul da capital, e na Avenida Governador José Lindoso, situada na zona norte. Cerca de 307 motoristas foram abordados, desse quantitativo 61 autuações foram realizadas, sendo 12 por alcoolemia, nove por recusa e oito veículos foram removidos, sendo sete carros e uma moto.

Já na noite de sábado para domingo, a operação deu continuidade nos perímetros onde estavam acontecendo as bandas carnavalescas. Nessa segunda noite, cerca de 427 condutores foram abordados, sete carros e oito motos foram removidos. No teste do bafômetro, 72 pessoas testaram positivo para alcoolemia e 20 pessoas se recusaram a fazer o teste.

Penalidades

As penalidades para quem for flagrado dirigindo sob efeito de álcool ou se recusar a realizar o teste do bafômetro são rigorosas, incluindo multa no valor de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.