Toninho Gerais pede danos morais de R$ 200 mil, além de valores sobre as receitas obtidas pela música 'Million Years Ago'


Batalha entre Toninho Gerais e Adele começou na Justiça do Rio de Janeiro
Batalha entre Toninho Gerais e Adele começou na Justiça do Rio de Janeiro — Foto: Editoria de Arte

Começou a tramitar esta semana a ação do músico e compositor Toninho Gerais, que acusa a britânica Adele de plágio. É que, em 2020, a inglesa lançou "Million Years Ago", canção de sucesso mundial.

Pois Gerais e seus advogados veem claramente a existência de plágio da canção "Mulheres", composta pelo artista e cuja versão na voz da cantora Simone teria sido usada por Adele.

O brasileiro pede, além do veto a reprodução da música de Adele, com a retirada de todos os fonogramas das diversas ferramentas de reprodução, danos morais de R$ 200 mil e materiais sobre receitas recebidas nos últimos anos.