Hoje, 8 de março, é celebrado o Dia Internacional da Mulher, uma data que ressalta a importância da igualdade de gênero e reconhece as conquistas e desafios enfrentados pelas mulheres em todo o mundo. Neste contexto, a Energisa reitera seu compromisso com a promoção da diversidade e inclusão, especialmente no setor elétrico, onde tradicionalmente a presença feminina é menor.

A Energisa, empresa comprometida com as práticas de ESG (Environmental, Social and Governance), firmou o Pacto Global, assumindo uma série de compromissos ambientais e sociais a serem cumpridos até 2050. Dentro dessas diretrizes, destaca-se o compromisso com a expansão da presença feminina em todas as áreas da companhia.

Uma das principais iniciativas da Energisa é destacar o aumento da participação feminina em atividades historicamente dominadas por homens, como é o caso do trabalho de eletricista. Euri Figarela é um exemplo inspirador dessa transformação. Atuando na área desde 2012, em outras empresas, ela enxergou uma grande oportunidade quando a Energisa chegou a Rondônia. Passou por um processo seletivo e tornou-se a primeira eletricista mulher da concessionária na região.

"No dia a dia, minha prioridade é trabalhar com segurança e o maior desafio é alcançar resultados com planejamento e criatividade. Faça sol ou chuva, quando trabalhamos com foco e em equipe, conseguimos alcançar nossas metas”, afirma Euri, que considera cada desafio como um degrau a mais para o seu sucesso.

Euri ainda recorda com carinho um momento de grande felicidade, quando teve a oportunidade de representar a empresa em São Paulo no prestigiado prêmio GPTW Brasil. Como ela mesma diz: "Ser eletricista, para mim, é mais do que uma profissão, é uma missão, e eu estou comprometida com ela de corpo e alma."

Energisa destaca compromisso com a presença feminina e diversidade no setor elétrico
Eletricistas Euri Figarela, Thalita Carvalho e Mayara Lopes

Além de Euri, a Energisa também destaca os exemplos de Thalita Carvalho e Mayara Lopes, que encontraram seus caminhos por meio do projeto social Geração Energia, promovido pela Energisa para despertar nos jovens o interesse pelo desenvolvimento pessoal e profissional.

Thalita iniciou sua trajetória rumo à profissão em novembro de 2021, quando participou do projeto: "Fui contemplada com o curso de Eletricista de Distribuição totalmente gratuito e dediquei-me ao máximo. Passados dois anos depois, sou grata pela oportunidade de fazer parte de uma das melhores empresas para trabalhar do país e pela profissão que escolhi."

Da mesma forma, Mayara Lopes, após participar do curso de Eletricista de Rede de Distribuição, está há 2 anos e 4 meses atuando na Energisa: "Sou grata a Deus e à Energisa por terem me dado essa oportunidade de mostrar que nós, mulheres, somos capazes de tudo".

De acordo com a gestora de Recursos Humanos da Energisa, Sabrina Amorim, esses exemplos evidenciam o compromisso da Energisa com a valorização da diversidade e a criação de um ambiente promissor para a carreira das mulheres. “São testemunhos de mulheres reais e corajosas, que aproveitaram a oportunidade para impulsionar suas carreiras e fazer a diferença no setor elétrico”, enaltece Sabrina.  

Rondoniagora.com