Escândalo: Vice-reitora eleita da Unir renuncia após federal do Rio Grande do Sul apontar falsidade em diploma de doutorado

A vice-reitora eleita da Universidade Federal de Rondônia (Unir), Viviane Barrozo da Silva, renunciou ao cargo que assumiria na próxima quinta-feira (7), após a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) apontar que o diploma de doutorado apresentado por ela era falso. A Unir confirmou a informação e divulgou nota oficial sobre assunto, mas somente após a professora apresentar formalmente seu pedido de renúncia, alegando “motivos de cunho pessoal”. 

A Polícia Federal já teria sido informada após denúncia de um grupo de professores.

O RONDONIAGORA apurou que o diploma foi apresentado durante a disputa para a reitoria. Ela teria diploma de Doutor em Ciências, com data de emissão em 9 de dezembro de 2010

A nota da Unir diz que recebeu denúncia sobre supostas irregularidades no diploma e no mesmo dia oficiou a UFRGS. Cerca de 24 horas a resposta: - Na tarde de 1º de março, em ofício encaminhado à Unir, a instituição informou que não havia registro do diploma de doutorado apresentado, além de indicar inconsistência no documento, afirmando com isso a sua inveracidade;

Entre as inconsistências levantadas pelos denunciantes estão a ausência de informações sobre o reconhecimento desse curso de doutorado, além do fato de não constar esses dados no currículo da professora e nunca ter requerido progressões profissionais.

Veja a manifestação da Unir:

A Reitoria da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), considerando as condições que cercam a renúncia da vice-reitora eleita, vem informar à comunidade universitária:

- A Unir foi comunicada no dia 29 de fevereiro sobre a possibilidade de haver inconsistências no diploma de Doutora em Ciências apresentado no processo de eleição para o cargo de Vice-Reitor(a);

- Diante das informações recebidas foi realizada, ainda no dia 29 de fevereiro, consulta formal, à instituição emitente do diploma, sobre o registro do diploma e demais dados necessários para comprovação de veracidade do documento;

- Na tarde de 1º de março, em ofício encaminhado à Unir, a instituição informou que não havia registro do diploma de doutorado apresentado, além de indicar inconsistência no documento, afirmando com isso a sua inveracidade;

- Na manhã do dia 1º de março a vice-reitora eleita apresentou à Reitoria da Unir sua renúncia ao cargo de vice-reitora, para o qual estaria nomeada a partir do dia 7 de março de 2024;

- A Reitoria da Unir, após ser informada formalmente da situação, determinou a tomada de todas as providências cabíveis para o caso;

- Diante da situação, o cargo de vice-reitor da Unir estará em vacância, de modo que serão tomadas as providências conforme legislação pertinente.

Rondoniagora.com