Criança confessou à mãe que havia sido abusado pelo próprio avô, segundo a polícia.


Mãe da criança procurou a delegacia para denunciar o próprio que havia abusado da neta. — Foto: Rebeca Beatriz/Rede Amazônica

Mãe da criança procurou a delegacia para denunciar o próprio que havia abusado da neta. — Foto: Rebeca Beatriz/Rede Amazônica

Um homem de 69 anos, condenado pela Justiça a 14 anos de reclusão em regime fechado por estupro de vulnerável praticado contra a própria neta, de 9 anos, foi preso, na quinta-feira (11), pela Polícia Civil do Amazonas. O crime, segundo a polícia, ocorreu no ano de 2017, em Manaus.

Segundo a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o homem cometeu o crime quando ele foi fazer uma visita na casa da filha dele, que é a mãe da criança.

“O homem foi condenado a 14 anos de reclusão e ontem conseguimos cumprir a ordem judicial em nome dele no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus”, informou Joyce.

Na ocasião, ele aproveitou o momento para abusar sexualmente da vítima quando ficou a sós com a criança.

Após o ocorrido, a menina contou para a mãe sobre o abuso. Naquele mesmo instante, a mãe procurou a delegacia e denunciou o homem. Um Inquérito Policial (IP) foi instaurado para investigar o fato.

Ele será encaminhado para a audiência de custódia e ficará à disposição do Poder Judiciário.