Uma reunião no sábado, 30, definiu a instalação do Instituto Federal de Rondônia (IFRO) em Buritis, a 330 quilômetros da Capital. Participaram: o senador Confúcio Moura (MDB-RO), o prefeito Rony Irmãozinho; o reitor Marcos Rosa, vereadores e autoridades dos poderes locais. A vitória municipal na futura instalação do campus Buritis é fruto de persistente ação do senador em Brasília.

O IFRO abrigará nesse novo campus alunos de toda a região.

O senador Confúcio Moura lembrou a série de reuniões e articulações com o ministro da Educação, Camilo Santana, e com o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha. A ambos ele destacou os benefícios que o funcionamento do IFRO trará para a região.

“O governo federal oferecerá a Buritis oportunidades educacionais para uma notável região rondoniense também impulsionada pela colonização fundiária que veio contribuir diretamente com o desenvolvimento local” – disse o senador.

Confúcio elogiou Buritis, reconhecendo suas atuais dificuldades educacionais: “Além de ser um polo em sua microrregião, Buritis está a 130 quilômetros de Ariquemes, onde está localizado o campus do IFRO mais próximo, e isso obriga aos alunos viajarem longa distância diariamente. Com a instalação do campus facilitaremos o acesso aos alunos dos municípios da região do Vale do Jamari. ”

Desta maneira, Buritis está estrategicamente posicionada para atender alunos dos municípios de Alto Paraíso, Campo Novo de Rondônia, Monte Negro e Nova Mamoré.

O senador prevê que o IFRO dará todas as condições de acesso nesse novo campus para a educação de qualidade, e dessa forma ampliará a formação profissional em toda a região.

Para o prefeito Rony Irmãozinho, é relevante a importância dos esforços do senador no sentido de concretizar a instalação do campus. “É um marco para a educação e o progresso local, porque teremos cursos focados nas áreas agrícola e pecuária, e o Instituto se compromete a atender às demandas, o que traz o desenvolvimento” – ele afirmou.

A iniciativa do senador em viabilizar a chegada do IFRO a Buritis representa um passo significativo para transformar a realidade educacional e econômica da região, proporcionando empregos, disseminando o conhecimento e impulsionando o progresso local.

“Não podemos pensar que Educação se faz sozinho; ela se faz com unidade” – disse o reitor Moisés Rosa mencionando os entes públicos ali reunidos: poderes Judiciário, Executivo e Legislativo.

“Eu fico aqui imaginando quanto vai ser a colheita disso, porque se você quer modificar uma sociedade, modifica através do estudo; a realidade de uma pessoa se modifica através de um livro e da Educação” – disse o juiz de Direito da Comarca de Buritis, Pedro Silas, que foi professor universitário em instituição particular durante dez anos.

Ele também se referiu às questões ambientais: “Teremos pessoas qualificadas para conversar com os pais mostrando-lhes como fazer melhor” – no que diz respeito à conservação da natureza.