Houve uma redução no número total de acidentes

Porto Velho, RO - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia encerrou, neste domingo (02), a Operação Corpus Christi 2024. O reforço nas fiscalizações teve início na última quarta (29), coincidindo com o encerramento do Maio Amarelo, e buscou promover a Segurança Viária nas rodovias do estado e prevenir a violência no trânsito.

Na Operação Corpus Christi deste ano, o foco da PRF foi a fiscalização de condutas irregulares que podem representar riscos para os usuários das rodovias. Entre elas estão as ultrapassagens indevidas. Ao todo, a PRF flagrou, aproximadamente, 36 condutores realizando este tipo de manobra indevida.

Em relação ao número de sinistros, foram registrados 17 acidentes (diminuição de 39% em relação ao mesmo feriado do ano passado), que resultaram em quatro feridos graves e dois óbitos.

Com o objetivo de retirar condutores alcoolizados das rodovias, as equipes intensificaram as abordagens com o uso do etilômetro. Durante a Operação, 814 condutores realizaram o teste; 24 foram autuados e quatro desses foram detidos por embriaguez ao volante.

O cinto de segurança e o dispositivo de retenção infantil também foram ignorados por alguns motoristas. Foram emitidos 15 autos de infração pelo transporte de criança sem o dispositivo adequado e 56 motoristas e passageiros foram flagrados sem o cinto de segurança. Em relação à utilização do aparelho celular, houve uma redução de mais de 40% comparada ao ano anterior (de 27 para 16).

A Operação Corpus Christi foi a última ação da PRF no âmbito da campanha Maio Amarelo. Desde o início do mês anterior, policiais rodoviários federais de todo o país se mobilizam para atuar nas atividades de educação para o trânsito e de fiscalização viária.

Lembre-se: "Paz no trânsito começa por você".