Maternidade Municipal de Porto Velho é referência nos procedimentos de vasectomia

Serviço é ofertado desde 2006 e já ultrapassa a marca de cinco mil procedimentos realizados

O método é regulamentado desde o ano de 1996, através da Lei nº 9.623/1996O método é regulamentado desde o ano de 1996, através da Lei nº 9.623/1996Cada vez mais procurada, a vasectomia é um método definitivo no controle da taxa de natalidade e planejamento reprodutivo. A Maternidade Municipal Mãe Esperança, em Porto Velho, tem sido referência na busca pelo atendimento, ultrapassando a marca de 5 mil procedimentos realizados desde 2006.

Devido ao início da pandemia, os atendimentos foram suspensos e retomados em julho deste ano. Desde então, já resultam em mais de 200 procedimentos feitos. A coordenadora do Centro de Referência da Mulher, Alba Cristina Bezerra Hermando, explica que o método é regulamentado desde o ano de 1996, através da Lei nº 9.623/1996, que prevê critérios como o limite de idade e dos filhos.

“Para fazer o procedimento cirúrgico, o homem precisa ter 25 anos e/ou dois filhos. Ou seja, se o homem nessa faixa etária não tiver nenhum filho, fazemos o aconselhamento, orientando sobre outros métodos que existem para que o mesmo esteja fazendo esse procedimento”, pontuou Alba.

Buscando desmistificar tabus sobre o procedimento, a coordenação lembra que não existe mudança na capacidade de ereção do homem ou interferência na atividade sexual após a cirurgia. Em Porto Velho, a procura tem aumentado no público com idades entre 30 e 40 anos.

A procura do procedimento tem aumentado no público com idades entre 30 e 40 anosA procura do procedimento tem aumentado no público com idades entre 30 e 40 anosACOLHIMENTO

O processo de planejamento familiar inicia antes mesmo de o paciente procurar pelo procedimento na Maternidade Municipal. No primeiro momento é feito o acolhimento e aconselhamento ao homem que optou pela esterilidade definitiva.

Esse atendimento inicial ocorre nas unidades básicas de saúde e, também, no Centro de Referência de Saúde da Mulher, localizado ao lado da Maternidade. Durante o acolhimento, o paciente tem a oportunidade de conhecer mais a respeito do procedimento, desmitificando alguns mitos sobre o assunto e ainda recebe orientações sobre outros meios de contracepção.

As orientações são importantes pois esse é um método cirúrgico definitivo. Outro ponto ressaltado no acolhimento é que a vasectomia não protege contra infecções sexualmente transmissíveis e, por isso, o uso da camisinha segue recomendado mesmo após o procedimento.

Todo o processo de aconselhamento é feito com o suporte de enfermeira e psicóloga. Além da conversa, também são solicitados exames e preparação de documentação para a realização do procedimento cirúrgico.


O procedimento cirúrgico é simples e rápidaO procedimento cirúrgico é simples e rápidaPROCEDIMENTO CIRÚRGICO

Na prática, o procedimento consiste na retirada de um fragmento de cada um dos dois canais (ductos deferentes) que são responsáveis por levar os espermatozoides dos testículos ao pênis.

A cirurgia não requer preparo especial e é feita sob anestesia local, com duração de 10 a 15 minutos. Após o procedimento, o paciente vai para a casa, devendo ficar em repouso por pelo menos 48 horas. Geralmente, está apto a retornar ao trabalho entre cinco a sete dias, após o procedimento.
Depois de três meses, o paciente deve fazer o exame de espermograma, retornando ao médico, uma vez que o homem, nesse período, pode continuar fértil. Por essa razão, é crucial a realização do exame para verificar a eficácia 100% da cirurgia e manter o uso de métodos contraceptivos durante esse período.

O médico urologista Oadmil Monteiro da Silva Filho realiza o procedimento na Maternidade desde 2017. Ele conta que a cirurgia é simples e rápida. Por contar com anestesia local, o paciente não sente dor durante o procedimento.

“Trata-se de um método contraceptivo definitivo, pouco invasivo e rápido, com taxas de complicações bem baixas e um processo de recuperação que demanda poucos dias. Para voltar a atividade sexual o prazo é de 15 dias, ainda assim com prevenção, até o retorno já com o exame de espermograma”, pontuou.

A Maternidade Municipal Mãe Esperança realiza o procedimento A Maternidade Municipal Mãe Esperança realiza o procedimentoPara a gerente-geral da Maternidade Municipal Mãe Esperança, Maria Alzenir Souza da Silva, o aumento da procura pelo procedimento demonstra a mudança do comportamento por parte dos homens.

“O discernimento sobre o assunto contribui para o sucesso desse procedimento. Aqui na maternidade temos o centro cirúrgico, composto por quatro salas e uma delas é específica para o procedimento de vasectomia, totalmente estruturada para atender os homens”, detalhou.

Aos 35 anos, o servidor público, que preferiu não se identificar, optou pelo procedimento cirúrgico definitivo. Pai de dois filhos, o paciente conta que soube do serviço ofertado pela Maternidade através de um colega. Logo, buscou informações e se preparou para a realização do procedimento.

“É uma cirurgia rápida e segura. São poucos minutos que representam a decisão de uma mudança para a vida inteira. Essa foi a maior que tive que fazer. Já tenho dois filhos, um tem oito anos e a outra tem quase dois, então, acredito que já é o suficiente para que meu crescimento familiar dê continuidade”, declarou.

Os interessados devem, primeiramente, procurar as unidades básicas de saúde de seu bairro para receber as orientações e, posteriormente, serem encaminhados ao CRSM para finalização do processo. Após concluídas as etapas, será agendada a cirurgia.

De acordo com a Lei nº 9.623/1996, o cidadão que manifestar interesse por esse método deverá aguardar um prazo mínimo de 60 dias entre a manifestação de sua vontade (por escrito e com as devidas orientações) e a realização do procedimento. A cláusula legal se faz imperiosa, pois a vasectomia não possui reversão ofertada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sendo considerada um método definitivo com chances de arrependimento.

Para mais detalhes, interessados podem entrar em contato pelos telefones: (69) 3901-2838 ou (69) 98473-4243.
Maternidade Municipal de Porto Velho é referência nos procedimentos de vasectomia Maternidade Municipal de Porto Velho é referência nos procedimentos de vasectomia Reviewed by Jotta Júnior on dezembro 23, 2021 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.