Projeto Peixe Saudável atende piscicultores de Candeias do Jamari

Extensionista demonstra como verificar ataque de parasitos nos peixes

Agricultores de Candeias do Jamari participam de capacitação em saúde dos peixes criados em cativeiro, durante o Dia Especial de Piscicultura realizado pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater-RO) na linha do Basílio no Assentamento Paraíso da Acácias. As atividades fazem parte do Projeto Peixe Saudável, criado pelo Governo de Rondônia.

O projeto coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), tem o objetivo de oferecer apoio aos produtores na análise da água e exames preventivos contra a parasitose na criação de peixes. Para isso dispõe de três laboratórios móveis equipados com instrumentos de verificação da qualidade da água, e mesa com instrumental cirúrgico, para exames físicos nos intestinos dos animais.

Durante o Dia Especial foram realizadas diversas demonstrações práticas de manejo da água para reconhecimento dos parasitas e consequências de infestações elevadas na piscicultura. A propriedade anfitriã do evento possui dois tanques para criação de tambaqui e o produtor usa água de poço para manter os tanques cheios, e os efluentes descartados no processo de renovação da água são usados para irrigar o pomar da propriedade, que possui apenas 2,5 hectares.

Demonstração de uso do disco para verificação da transparência e qualidade da água

O extensionista e responsável pelo laboratório móvel do projeto Peixe Saudável na região do Vale do Jamari, Vinicius Pedroti  eviscerou um tambaqui e mostrou aos produtores participantes, o parasito Acantocefalo, um dos mais freqüentes em criações de peixes redondos como o tambaqui, pirapitinga e pacus, e orientou práticas de vazio sanitário, e de rotação de criação com espécies não suscetíveis como a jatuarana. Conforme a orientação do técnico, depois de um ciclo de cultivo completo com esta outra espécie, consegue-se romper com a cadeia de continuidade do parasito.

Ainda foram demonstradas técnicas de controle de dureza, de verificação de PH e como reconhecer a presença de amônia tóxica na água. A técnica extencionista Bruna Temponi fez a demonstração. “As práticas que podem ser realizadas pelo próprio produtor, desde que disponha de um kit com reagentes e as tabelas e paletas de verificação através de cores”, afirmou Bruna Temponi.

Projeto Peixe Saudável atende piscicultores de Candeias do Jamari Projeto Peixe Saudável atende piscicultores de Candeias do Jamari Reviewed by Jotta Júnior on dezembro 22, 2021 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.