Prejuízo de Djokovic por recusar vacina pode chegar a R$ 230 mi

Djokovic foi deportado da Austrália por não ter se vacinado

Djokovic foi deportado da Austrália por não ter se vacinado

LANCE

Pode doer bastante no bolso de Novak Djokovic o fato de não ter se vacinado para a disputa do Australian Open e manter essa ideia ao longo da temporada. Somente no que refere a prejuízo em bônus de patrocinadores, especialistas calculam um valor na faixa de US$ 41,6 milhões, R$ 230 milhões, em uma temporada.

A quantia é relativa a apenas um ano. Em premiação, o sérvio deixou de lutar por US$ 3,1 milhões (R$ 18 milhões) em caso de título no Australian Open. Roland Garros já anunciou que só receberá vacinados e, se o sérvio for barrado, o número 1 do tênis deixaria de disputar um valor parecido.

Dos patrocinadores de Djokovic, apenas a Lacoste se pronunciou e disse que vai conversar com o sérvio A Peugeot e a Asics ainda não confirmaram se permanecerão com o atleta.

Cada tenista recebe bônus por participação e desempenho nos torneios.

Prejuízo de Djokovic por recusar vacina pode chegar a R$ 230 mi Prejuízo de Djokovic por recusar vacina pode chegar a R$ 230 mi Reviewed by Jotta Júnior on janeiro 21, 2022 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.