Servidores federais fazem protesto por reajuste salarial na capital

Servidores federais fazem protesto por reajuste salarial na capital

Um grupo de servidores do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia (Sindsef), se reuniu de forma pacífica na manhã desta terça-feira (12), na sede da Controladoria Geral da União (CGU), para cobrar reposição salarial, o fim da PEC 32 e Emenda Constitucional 95/2016.

De acordo com o presidente do Sindsef, Mário Jorge Souza de Oliveira, a categoria cobra a reposição salarial de 19,99%. “Nós estamos reivindicando uma atenção a nossa pauta que foi apresentada em janeiro deste ano ao Ministério da Economia. Queremos discutir em uma mesa de negociação”, disse o presidente.

O presidente destacou ainda, as articulações do sindicato em Brasília para que o governo federal atenda e de continuidade as negociações. “Estamos lutando para que seja oferecido algo ainda este ano para a nossa categoria. Diante de tantas lutas, nós acreditamos que poderemos ter ainda em 2022 um reajuste ou algo que possa aliviar a perda do poder aquisitivo dos trabalhadores do serviço público federal”, disse.

Nesta manhã, o presidente protocolou um documento com as reivindicações da categoria na CGU. “Trouxemos o documento para que possa ser encaminhado a nossa pauta. Pedimos que o governo negocie e se ele tem problema com a aplicação do percentual no que se refere à reposição salarial, que nos traga uma resposta. Se possível que nos conceda o que está prevista em lei, apenas referente ao exercício de 2022. Queremos que apresente uma proposta”, finalizou Mário Jorge Souza de Oliveira.

Servidores federais fazem protesto por reajuste salarial na capital Servidores federais fazem protesto por reajuste salarial na capital Reviewed by Jotta Júnior on abril 12, 2022 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.