IBC-Br: “Prévia do PIB” sobe 0,69% em junho, diz Banco Central

Índice acumula alta de 0,57% no segundo trimestre de 2022 na comparação com o trimestre anterior


A atividade econômica do país registrou alta de 0,69% em junho na comparação com o mês anterior, de acordo com o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), divulgado nesta segunda-feira (15) pela autoridade monetária.

A mediana das expectativas do mercado apontavam para uma alta de 0,65%.

Na comparação com junho do ano passado, o avanço do indicador foi de 3,09% e, em 12 meses, de 2,18%. No ano, o IBC-Br acumula alta de 2,24%.

No segundo trimestre, o índice acumula alta de 0,57%, na comparação com o trimestre anterior.

No entanto, o BC piorou o dado de maio para uma contração de 0,26%, depois de informar anteriormente queda de 0,11%. Em abril, o índice apresentou recuo de 0,52% na comparação mensal.

O IBGE divulgará os dados oficiais do PIB no dia 1 de setembro, depois de informar que a economia teve no primeiro trimestre crescimento de 1,0%.

Na contramão, indústria brasileira interrompeu quatro meses seguidos de ganhos com queda acima do esperado de 0,4%, enquanto as vendas no varejo recuaram 1,4%.

O Brasil vive um ambiente de inflação e juros elevados, mas ao mesmo tempo com uma política fiscal estimulativa que tende a dar sustentação à demanda no curto prazo.

O país ainda encara incertezas relacionadas à eleição presidencial de outubro e desafios provenientes do cenário internacional. Além de a guerra na Ucrânia ter impacto sobre os preços, o aumento de juros nas economias avançadas tende a retrair a atividade no mundo e afastar investimentos de países emergentes.

Por outro lado, tendem a mitigar as condições financeiras mais apertadas a melhora do mercado de trabalho e medidas de auxílio do governo, adiando os impactos mais significativos da política monetária apertada sobre a atividade.

Depois da liberação de saques extraordinários do FGTS, antecipação do 13º de aposentados e pensionistas e o Auxílio Brasil, são esperados os impactos da redução das alíquotas de ICMS sobre os setores de combustíveis, gás, energia, comunicações e transporte coletivo.

A PEC dos Benefícios, que tem por objetivo aumentar o valor ou criar novos benefícios sociais a menos, também pode ajudar a atividade econômica.

Buscando controlar a inflação crescente, o BC elevou a Selic neste mês a 13,75% e, embora tenha dito que avaliará a necessidade de ajuste residual nos juros, boa parte dos mercados parece acreditar que este ciclo de aperto monetário já chegou ao fim.

A pesquisa Focus realizada semanalmente pelo BC com uma centena de economistas aponta que a expectativa é de que o PIB cresça 2,0% neste ano, indo a uma expansão de 0,41% em 2023.

IBC-Br: “Prévia do PIB” sobe 0,69% em junho, diz Banco Central IBC-Br: “Prévia do PIB” sobe 0,69% em junho, diz Banco Central Reviewed by Jotta Júnior on agosto 15, 2022 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.