Lula adia viagem à China mais uma vez

Lula adia viagem à China mais uma vez

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) adiou a viagem que faria para a China domingo (26).

Na China, Lula se encontraria com o presidente Xi Jinping, com que trataria de relações comerciais, guerra da Ucrânia e governança global.

A nova data para a ida do petista ao país asiático está sendo negociada pelo governo brasileiro com as autoridades chinesas e não foi definida.

De acordo com comunicado enviado pela Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto à imprensa neste sábado (25), o adiamento da viagem foi motivado por orientação médica (leia a íntegra da nota do Planalto).

Pneumonia 'leve'

Lula foi diagnosticado com pneumonia "leve" na noite de quinta-feira (23). Na manhã da sexta-feira (24), o governo comunicou que o embarque do presidente para a China seria atrasado da manhã deste sábado (25) para a manhã de domingo (26).

Segundo a assessoria do presidente, Lula passou por exames em uma unidade do Hospital Sírio-Libanês, em Brasília, na noite de quinta-feira (23).

No mesmo dia, mais cedo, o presidente esteve no Rio de Janeiro, onde participou de um evento no Complexo Naval de Itaguaí, visitou as obras de reconstrução do Museu Nacional e de um evento no Theatro Municipal.

Na quarta-feira (22), Lula havia cumprido agenda no Nordeste, com compromissos na Paraíba e em Pernambuco.

Na manhã desta sexta-feira (24), o médico Roberto Kalil Filho esteve no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República, e disse à colunista do g1 Júlia Duailibi que, após avaliar presidente Lula, o presidente deveria manter a viagem reagendada para o domingo.

Em nota neste sábado, após reavaliação, a médica Ana Helena Germoglio afirmou que, apesar da melhora no quadro de saúde do presidente, o serviço médico da Presidência da República recomendou o adiamento da viagem para China "até que se encerre o ciclo de transmissão viral".

Lula se encontraria com o presidente chinês Xi Jinping durante viagem ao continente asiático — Foto: AP e Reuters

Íntegra da nota

Leia a íntegra da nota divulgada pelo Palácio do Planalto:

Em função de orientação médica o presidente Luiz Inácio Lula da Silva resolveu adiar sua viagem à China. O adiamento já foi comunicado para as autoridades chinesas com a reiteração do desejo de marcar a visita em nova data.

Nota médica abaixo:

“O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu entrada no Hospital Sirio-Libanês – unidade Brasília, em 23/3/2023 com sintomas gripais. Após avaliação clínica, foi feito diagnóstico de broncopneumonia bacteriana e viral por influenza A, sendo iniciado tratamento.

Após reavaliação no dia de hoje e, apesar da melhora clínica, o serviço médico da Presidência da República recomenda o adiamento da viagem para China até que se encerre o ciclo de transmissão viral.

Dra. Ana Helena Germoglio”

Secretaria de imprensa da Presidência da República

O Assunto

Ouça episódio do podcast O Assunto, no qual Natuza Nery aborda a relação Brasil-China: