Elenco do espetáculo 'Dois Irmãos', produzido em Manaus - — Foto: Hamyle Nobre/Menina Miúda Produções Artísticas
1 de 4 Elenco do espetáculo 'Dois Irmãos', produzido em Manaus - — Foto: Hamyle Nobre/Menina Miúda Produções Artísticas

Elenco do espetáculo 'Dois Irmãos', produzido em Manaus - — Foto: Hamyle Nobre/Menina Miúda Produções Artísticas

Criado em Manaus, o espetáculo 'Dois Irmãos' concorre em quatro categorias do Prêmio Cenym de Teatro Nacional 2023. Inspirada na obra de Milton Hatoum, a peça amazonense já apresentou duas temporadas na capital.

No Prêmio Cenym 2023, o espetáculo concorre nas categorias:

  • Melhor Atriz Coadjuvante,
  • Melhor Cenário,
  • Melhor Direção de Arte e
  • Melhor Cartaz e Programação Visual.

O diretor do espetáculo e da Menina Miúda Produções Artísticas, Cairo Vasconcelos, celebrou as indicações. "É um reconhecimento para toda a equipe que trabalhou incansavelmente no espetáculo 'Dois Irmãos'. É uma prova do talento e dedicação de todos os envolvidos. Agora, é aguardar a premiação", disse.

Indicada na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante, a atriz amazonense Acácia Mié concorre com nomes como Beth Goulart e Olívia Araújo. Na peça 'Dois Irmãos', ela interpreta 'Domingas', a empregada da casa e mãe de Nael, o narrador-personagem interpretado pelo ator Gabriel Mota.

O cenógrafo Juca Di Souza concorre nas categorias de Melhor Cenário e Melhor Direção de Arte. Atriz e designer, Thaís Vasconcelos concorre na categoria de Melhor Cartaz e Programação Visual.

A jornalista Edilene Mafra assina a comunicação estratégica da primeira temporada do espetáculo.

Atriz Acácia Mié concorre ao Prêmio Cenym 2023 por atuação no espetáculo 'Dois Irmãos', produzido em Manaus — Foto: Hamyle Nobre/Menina Miúda Produções Artísticas

Sinopse

Ambientado na Manaus do século XX, o espetáculo 'Dois Irmãos' é inspirado no romance homônimo — de mesmo nome — 'Dois Irmãos'. Na obra, o escritor amazonense Milton Hatoum retrata os conflitos de uma família.

No centro do romance, estão os gêmeos Yaqub e Omar, que têm uma relação marcada por tensão e rivalidade.

Cenário do espetáculo 'Dois Irmãos', em Manaus — Foto: Hamyle Nobre/Menina Miúda Produções Artísticas

Temporadas

Criado e encenado por amazonenses, o espetáculo apresentou duas temporadas em Manaus, uma em maio e outra em agosto deste ano.

No elenco da primeira temporada estiveram Amanda Magaiver (Zana); Brenda Amora (Rania); Acácia Mié (Domingas); Junior Victorino (Omar); Beto Monteiro (Yaqub); Wilson do Carmo (Halim) e Gabriel Mota (Nael). Na segunda temporada, Pabi Xavier passou a interpretar Rania.

Cairo Vasconcelos assina a direção geral do espetáculo. A produção e preparação corporal é de Emília Pontes.

Dione Maciel assinou o figurino. Viktor Judah foi o produtor musical. A iluminação é de Marcio Braz. A maquiagem e visagismo são de Eugenio Lima.

Cairo Vasconcelos adiantou que a Menina Miúda Produções Artísticas planeja uma terceira temporada da peça. "Nossa intenção é proporcionar ao público mais oportunidade de se emocionar com a história do espetáculo. Em breve, vamos compartilhar mais detalhes", afirmou.

O romance de Milton Hatoum já foi adaptado para TV, em minissérie da Globo; em espetáculo teatral, por profissionais de São Paulo; e em HQ (História em Quadrinhos), pelos quadrinistas paulistanos Fábio Moon e Gabriel Bá.

Foi a primeira vez que o romance ganhou uma peça teatral criada e produzida por amazonenses. A montagem foi possível após o projeto ser contemplado no Prêmio Funarte de Estímulo ao Teatro 2022. As apresentações em Manaus contaram com o apoio da Secretaria de Estado e Economia Criativa do Amazonas (SEC-AM) e da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Junior Victorino (Omar) e Beto Monteiro (Yaqub) em cena no espetáculo Dois Irmãos em Manaus — Foto: Hamyle Nobre Menina/Miúda Produções Artísticas

Ficha técnica:

  • DIREÇÃO GERAL E ADAPTAÇÃO: Cairo Vasconcelos
  • ELENCO: Amanda Magaiver, Brenda Amora, Acácia Mié, Junior Victorino, Beto Monteiro, Wilson do Carmo, Gabriel Mota
  • PRODUÇÃO E PREPARAÇÃO CORPORAL: Emília Pontes
  • FIGURINISTA: Dione Maciel
  • MAQUIAGEM E VISAGISMO: Eugenio Lima
  • ILUMINADOR: Marcio Braz
  • PRODUTOR MUSICAL: Viktor Judah
  • CENÓGRAFO: Juca Di Souza
  • ASSESSORIA DE IMPRENSA: Edilene Mafra (Amazon Media and Cheking)
  • DESIGNER: Thais Vasconcelos (Agencinha)
  • SOCIAL MEDIA: Ana Camargo
  • FOTÓGRAFA: Hamyle Nobre
  • REGISTRO AUDIOVISUAL: Ramon Ítalo
  • ACESSIBILIDADE: Intérprete de Libras

Prêmio Cenym

Realizado anualmente pela Academia de Artes no Teatro do Brasil (ATEB), o Prêmio Cenym reconhece os talentos do teatro brasileiro, desde obras, artistas, até projetos e locais.

Criada em 2001, como um evento local em Sergipe, pelo ator, diretor, produtor, roteirista e crítico de teatro Tom Williamson, a premiação chega à 22ª edição em 2023.

O prêmio seguiu no formato local até 2010, quando passou a ser apresentado pela ATEB e se tornou oficialmente uma premiação nacional.

A cerimônia de entrega das estatuetas ocorre tradicionalmente no mês de novembro, quando são anunciados os vencedores das 30 categorias do prêmio.

Como é a premiação funciona

Os vencedores do Prêmio Cenym são escolhidos por meio do voto de uma comissão da ATEB. De acordo com a organização da premiação, o grupo é formado por atores, atrizes, diretores, cenógrafos, coreógrafos, figurinistas, iluminadores, sonoplastas, maquiadores, críticos e outros profissionais em atividade nos palcos de todo o país.

Neste ano, a votação vai ocorrer de 6 a 12 de novembro. Após definir os vencedores, o Prêmio Cenym realizará a entrega da premiação no dia 21 de novembro, em Aracaju, Sergipe.

"Os vencedores da edição serão revelados em um evento especial privado. No entanto, todos poderão acompanhar o anúncio que será amplamente divulgado no site e em nossas redes sociais, em tempo real, a partir das 21h00, horário de Brasília", informou a organização.

Menina Miúda Produções Artísticas

Fundada em 2019, a Menina Miúda Produções Artísticas é uma produtora teatral do Amazonas. O grupo busca movimentar a cultura do Estado e proporcionar oportunidades aos artistas locais por meio de formação nas artes cênicas. Também atua na produção teatral, levando espetáculos a diferentes públicos, e promove eventos, como feiras e circuitos artísticos.