Golpistas usam apartamento mobiliado para atrair vítimas e até possibilitam a visita ao local.

Por Profissão Repórter

  • Homem pagou R$ 5 mil adiantados para quadrilha que se passava por dona de apartamento.

  • O imóvel, na verdade, foi alugado de forma temporária pelos golpistas.

  • O golpe só foi descoberto quando o criminoso passou o contato do suposto síndico do prédio, mas quando chegou lá não tinha mais ninguém.

Golpistas fingem ser donos de apartamento e aplicam golpe do falso aluguel; veja como funciona

Golpistas fingem ser donos de apartamento e aplicam golpe do falso aluguel; veja como funciona

Você já ouviu falar do golpe do falso aluguel? O repórter Caco Barcellos conversou com um homem que foi vítima desse crime e conta quais são as armadilhas usadas pelas quadrilhas especializadas em aplicar golpes financeiros em suas vítimas.

Atraído pelo anúncio de uma plataforma, há dois anos o analista de T.I Jorge Benko Júnior tenta sem sucesso recuperar R$ 5 mil pagos à quadrilha do golpista como adiantamento para o aluguel de um apartamento.

A primeira isca é o anúncio de um apartamento muito bonito e todo mobiliado.

“O apartamento vinha completamente mobiliado e achei uma média boa, que era de R$ 2.400 por ser no andar térreo. Mas a média lá (no) prédio, era de R$ 3.500”, conta.

Atraídos pela facilidade e preço baixo, Jorge e a mulher seguiram com a negociação com um rapaz que se apresentou como um advogado de Curitiba. Ele avisou que o apartamento estava ocupado no momento e que seria desocupado em três dias.

O que Jorge e a família não sabiam é que tudo era falso. A quadrilha usou um aplicativo para alugar o imóvel por poucos dias e lá os golpistas tiraram várias fotos e anunciaram o apartamento como se fossem os donos.

Ele, a esposa e a filha foram ao apartamento: ‘Era tudo o que estava anunciado”, conta.

Criminosos fingem ser donos de apartamento e aplicam golpe do falso aluguel — Foto: Reprodução/TV Globo

Após isso, o criminoso mandou o documento falso de um cartório em Curitiba para tentar mostrar legitimidade. Em uma atitude comum em golpes, o bandido tenta assustar as vítimas com a possibilidade de o negócio ser fechado com outros interessados.

Criminosos enviaram um documento falso para dar o golpe. — Foto: TV Globo/Reprodução

“Ele falou: ‘só tem um problema. Você viu o casal que estava saindo antes? Eles também se interessaram’”, diz Jorge.

Ele conta que passou a ser pressionado pelos golpistas para depositar o adiantamento de dois meses de aluguel e acabou fazendo. O golpe só foi descoberto quando o criminoso passou o contato do suposto síndico do prédio, mas quando chegou lá não tinha mais ninguém.

“Financeiramente, nós sabemos que não vai ter mais retorno. Mas é a vergonha. Não fui só eu que tomei o golpe, o casal que estava anterior a mim tomou e uma moça que veio posterior a mim também tomou o golpe”, explica.

Homem foi vítima do golpe do falso aluguel — Foto: Reprodução/TV Globo

Golpe do aluguel, da maquininha, do 0800, da venda de carro: veja como os bandidos se reinventam para fazer novas vítimas