O registro foi feito às 14h, na estação da Vila Militar do Inmet, na Zona Oeste do Rio. De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura, fez ainda mais calor: 42,5ºC, na Estação Irajá.

Por g1 Rio

Dezenas de banhistas são salvos pelos bombeiros nas praias do Rio

Dezenas de banhistas são salvos pelos bombeiros nas praias do Rio

O Rio registrou neste domingo (12) até as 14h uma temperatúra máxima de 40,4ºC. O registro foi feito às 14h, na estação da Vila Militar do Inmet, na Zona Oeste do Rio.

Foi a maior temperatura do ano na cidade, segundo o Inmet. Também de acordo com o instituto, com os registros que deram entrada no sistema até 16h30, o Rio é a capital onde fez mais calor neste domingo.

De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura, fez ainda mais calor: 42,5ºC, na Estação Irajá. A prefeitura também registrou sensação térmica de 50,5°C em Irajá, às13h55. Ela não configurou, porém, recorde do ano, que foi registrado em fevereiro, com 58,3°C.

A sensação de calor já era grande na cidade desde a manhã. Às 9h15, os termômetros marcavam 34,1°C em São Cristóvão, 33,7°C no Jardim Botânico e 33°C em Irajá.

O forte calor lotou as praias das zonas Sul e Oeste. Em algumas delas, os banhistas não respeitaram aviso de correnteza forte neste domingo, o que fez com que os bombeiros tivessem que executar vários salvamentos.

Aviso de risco no mar do Leme, no Rio de Janeiro — Foto: Henrique Coelho/g1

onda de calor que se instalou no Brasil ganhou força a partir do fim de semana, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). As temperaturas devem ficar pelo menos 5ºC acima da média em boa parte dos estados das regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Orla de Botafogo, na manhã deste domingo — Foto: Rafael Nascimento/g1

Onda de calor nas capitais. — Foto: Kayan Albertin/Arte g1