Prédio onde funcionava o 'The Exclusive Poultry' em Los Angeles — Foto: Reprodução/Google Maps
1 de 1 Prédio onde funcionava o 'The Exclusive Poultry' em Los Angeles — Foto: Reprodução/Google Maps

Prédio onde funcionava o 'The Exclusive Poultry' em Los Angeles — Foto: Reprodução/Google Maps

O frigorifico The Exclusive Poultry, da cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, empregava crianças entre 14 e 17 anos para desossar frango com facas. Quando os fiscais apareceram no local, as pessoas menores de idade foram escondidas em armários e banheiros, segundo documentos revelados nos EUA na segunda-feira (5) pelo Departamento de Trabalho.

Havia trabalhadores com idades entre 14 e 17 anos no local.

A empresa aceitou pagar multas e compensações no valor de US$ 3,8 milhões (R$ 18,75 milhões) por ter contratado menores de idade.

O Exclusive Poultry tem duas unidades na cidade de Los Angeles.

Jessica Looman, uma representante do Departamento de Trabalho, afirmou que o dono da empresa, Tony Bran, ainda retinha parte dos salários dos funcionários. A investigação começou com denúncias de falta de pagamentos.

O advogado da empresa, Anthony McClaren, afirmou à rede NBC que o caso ainda está no começo, e que os próprios donos estão tentando entender o que aconteceu –segundo o advogado, o cliente dele não sabia que havia menores de idade no frigorífico, e que firmar um acordo era a melhor opção para eles.

Depois de pagar o acordo, o frigorífico deve fechar, segundo o advogado.