Vídeo registrado por vizinhos do local mostra policiais do Grupo de Ações Táticas da Polícia Militar (Gate) entrando no prédio. A vítima foi socorrida sem ferimentos.

Por Káthia Mello, Beatriz Backes, Luisa Belchior, g1

Policiais do Gate entram em prédio em Pinheiros na manhã deste domingo (12)

Policiais do Gate entram em prédio em Pinheiros na manhã deste domingo (12)

Um homem de 45 anos foi morto pela polícia ao fazer mulher refém com uma faca na Rua Mateus Grou, em Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo, na manhã deste domingo (10).

Dois tiros foram disparados. A vítima foi socorrida sem ferimentos.

A Polícia Militar informou que viaturas do Gate foram acionadas 8h45 para uma ocorrência "em cárcere privado". O suspeito estava mantendo a esposa como refém com uso de uma faca.

Vizinhos relataram ao g1 que começaram a ouvir muitos gritos e pedidos de socorro por volta das 08h30.

Um deles, que não quis se identificar, relatou ter visto a moradora do apartamento sair na varanda para pedir socorro. “O cara a puxou de volta. A gente gritou ‘solta ela, covarde’, e ela nos xingou. Tinha uma criança, que só gritava ‘para, pai’”.

Segundo o mesmo morador, a criança conseguiu sair de casa, e moradores cuidaram dele até que a polícia chegasse”.

“Muita gente começou a ligar para a polícia. Meu filho ligou, e eles disseram que já tinham recebido vários chamados”, disse Virginia Torres, outra moradora

Um vídeo registrado por vizinhos do local mostra policiais do Grupo de Ações Táticas da Polícia Militar (Gate) entrando no prédio. Segundo a equipe, foram cerca de 40 minutos de negociação para resgatar a refém.

PMs em frente ao prédio. — Foto: Káthia Mello/ g1

Um sniper participou da operação.

Veículo de resgate em frente ao prédio em que homem faz mulher refém na zona oeste de SP na manhã deste domingo (10) — Foto: Luisa Belchior/ g1

Em nota a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), informou que foi acionada por volta das 08h40 para atender a ocorrência, no bairro de Pinheiros.

De acordo com as informações de testemunhas, no endereço indicado, um homem, com o uso de arma branca, mantinha a sua esposa refém. "Equipes da PM, do Grupo de Ações Táticas (Gate) e do Corpo de Bombeiros compareceram ao local dos fatos. Na ação, o suspeito foi baleado e morreu, já a vítima foi resgatada e levada ao pronto socorro da região. O caso foi encaminhado ao 14° DP (Pinheiros). Outros detalhes serão passados após o final do registro da ocorrência".

Local em que a vítima foi feita refém. — Foto: Veronica Medeiros/ Arte g1