A chuva começou por volta das 19h de quarta-feira e deve seguir nos próximos dias. O Litoral de São Paulo tem alerta para chuvas intensas pelo menos até sábado, segundo a Defesa Civil.

De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o maior registro de chuvas foi em Caraguatatuba - 155 milímetros nas últimas 12 horas em uma estação do bairro Tabatinga.

Chuva forte atinge Litoral Norte de SP, alaga ruas e deixa famílias desabrigadas — Foto: Divulgação/Prefeitura de Ubatuba

Em São Sebastião, onde um temporal histórico matou 64 pessoas em fevereiro passado, a sirene de alerta instalada na Vila Sahy orientou, pela primeira vez, os moradores a deixarem suas casas e irem a locais seguros por risco de deslizamentos. A sirene foi acionada na noite de quarta.

"Recebemos um alerta do Cemaden de alto risco de movimento de massa, o que nos preocupa bastante nas encostas. Então decidimos fazer alertas como forma de prevenção e para que o nosso plano de contingência fosse acionado", disse o vice-prefeito Reinaldo Moreira, ao Bom Dia São Paulo.

Sirene toca pela primeira vez e alerta sobre riscos de deslizamentos na Vila Sahy

Sirene toca pela primeira vez e alerta sobre riscos de deslizamentos na Vila Sahy

Um abrigo foi montado na Escola Municipal Henrique Tavares de Jesus para receber os moradores até a chuva parar ou as águas das ruas baixarem. Quatro pessoas foram para o local. Em Toque-Toque Pequeno, três famílias foram removidas de suas casas e levadas para um abrigo.

A cidade ainda registrou pontos de alagamentos nos bairros Barra do Sahy, Barra do Una, Juquehy, Cambuí e Boracéia.

Em Caraguatatuba, uma família com nove pessoas e um cachorro foram removidos de uma casa no bairro Martim de Sá. Além deles, uma família com duas pessoas e um cachorro foi para a casa de parentes, após precisar deixar o imóvel onde mora no bairro Golfinhos.

Também foram registrados pontos de alagamento, inclusive em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Porto Novo e do Casa Branca. Funcionários fazem limpeza no local para reestabelecer o atendimento. A cidade ainda registrou três quedas de árvores.

Ubatuba informou que a chuva deixou 16 desabrigados e sete desalojados. Há alagamentos nos bairros Estufa I, Perequê-Açu, Botafogo, Parque Guarani, Anchieta, Usina Velha e também na avenida Rio Grande do Sul. Foram registradas ainda quedas de oito árvores e deslizamentos de terra.

Uma calçada cedeu na Rua Carlos Affonseca, no Gonzaga, em Santos, durante um temporal que atinge a Baixada Santista — Foto: Reprodução

Em Santos, no bairro Gonzaga, uma calçada cedeu e quase 'engoliu' um carro nesta quarta-feira. A cratera que se abriu ao lado de um veículo é na Rua Carlos Affonseca, no bairro Gonzaga.

A Prefeitura de Santos informou, em nota, que a área já está isolada e integrantes da Secretaria de Infraestrutura e Edificações (Siedi) atuam no local.

Rodovia de acesso ao litoral de SP é interditada completamente após queda de barreira

Rodovia de acesso ao litoral de SP é interditada completamente após queda de barreira

Estradas

Por causa das chuvas, a Serra Antiga da Tamoios, rodovia que liga São José dos Campos a Caraguatatuba, foi interditada na noite desta quarta-feira (24). A interdição aconteceu por volta das 22h. Há operação de comboios para o trânsito fluir.

Barreira e pedra caíram, causando interdição total na rodovia Mogi-Bertioga — Foto: Defesa Civil de Bertioga