O Estágio 3 é o 3º nível em uma escala de 5 e significa que "uma ou mais ocorrências estão impactando a cidade. Há certeza de que haverá ocorrência de alto impacto, no curto prazo".

Os bombeiros realizaram cerca de 30 atendimentos em todo o RJ, a maioria referente a salvamentos de pessoas, inundações e alagamentos. Até a última atualização desta reportagem, não havia relatos de novas vítimas.

Novos estágios operacionais do Rio de Janeiro - Estágio 3, laranja — Foto: Arte/g1

Houve registros de alagamento nos bairros de Botafogo, Catete, Flamengo, Rio das Pedras e Lapa. As favelas da Maré e da Rocinha também tiveram bloqueios depois do temporal.

De acordo com os Bombeiros, por enquanto, não houve nenhuma grande ocorrência na capital.

Com previsão de chuva forte, Rio entra em estágio operacional 3 — Foto: Reprodução/Centro de Operações Rio

"Chove forte em vários pontos da cidade. Evite deslocamentos até que a chuva diminua. Fique em lugar seguro", escreveu o prefeito Eduardo Paes, por volta das 2h30, no X (antigo Twitter).

"Estamos acompanhando as tempestades em curso em todo o Estado. Nossos órgãos de resposta estão mobilizados para atender prontamente as ocorrências deste domingo", disse o governador Cláudio Castro.

A Defesa Civil do município precisou acionar 85 sirenes em 54 comunidades do Rio. Na Região Serrana, a Defesa Civil de Petrópolis informou que acionou sirenes por volta das 3h20 deste domingo.

Segundo o Centro de Operações Rio, o temporal começou a diminuir perto das 5h. "Observa-se ocorrência de chuva fraca a moderada em toda a cidade do Rio".

Alagamento em Rio das Pedras — Foto: Arquivo pessoal

Rua Senador Vergueiro, no Flamengo — Foto: Arquivo pessoal

AV. Mem Sá, Lapa — Foto: Arquivo pessoal

Rua Voluntários da Patria, em Botafogo. — Foto: Arquivo pessoal

Baixada também alagou

Moradores de Belford Roxo recolhem entulhos e temem por mais chuva

Moradores de Belford Roxo recolhem entulhos e temem por mais chuva

Na Baixada Fluminense, Belford Roxo entrou em estágio de atenção durante a madrugada. O município foi um dos mais afetados pelo temporal da semana passada, e moradores até este sábado (20) ainda limpavam casas e contabilizavam prejuízos (veja acima).

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) informou que o Rio Botas transbordou nas localidades Parque Horizonte, Santa Eugenia e Jardim Esplanada, em Belford Roxo e em Nova Iguaçu.

Na Vila São Luís, em Belford Roxo, moradores tiveram de salvar o que podiam no meio da madrugada.

“Acordei com os carros buzinando, avisando que a água estava subindo”, contou o serralheiro Maurício Rodrigues Ferreira. “Levantei e fui colocar o meu lá na esquina. Aqui, quando chove, vai a 1,5 metro de alagamento”, emendou.

Carro enguiça em alagamento no bairro Babi, em Belford Roxo — Foto: Reprodução

Maricá suspende concurso

Por causa das chuvas, a Prefeitura de Maricá cancelou a prova do concurso para Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias.

Uma nova data será anunciada.

Em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, o Inea alertou para risco de transbordamento do Rio Alcântara.