Um policial militar e a esposa foram presos preventivamente por suspeita de violentar sexualmente dos próprios filhos de 2, 9 e 12 anos, em São Francisco do Guaporé (RO). A prisão foi feita na sexta-feira (19), durante a Operação 'Inocência Perdida', deflagada pela Polícia Civil de Rondônia.

Durante as investigações, os policiais descobriram que ele e a esposa filmavam os abusos e depois, divulgavam os vídeos na internet. Ele abusava da filha de 2 anos e a esposa, dos filhos de 9 e 12 anos.

Policial preso por estuprar filhos em Rondônia divulgava vídeos do crime na internet — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Policial preso por estuprar filhos em Rondônia divulgava vídeos do crime na internet — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo a polícia, ele ainda colocava os filhos de 9 e 12 anos para assistir as filmagens. Os investigadores acreditam que a prática criminal acontece desde 2021.

Além do casal, uma terceira envolvida, que de acordo com a polícia mantinha um relacionamento trisal com o casal e levava uma criança de 10 anos, para também ser estuprada pelo policial, também foi presa pelo crime de armazenamento de pornografia infantil.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, a polícia apreendeu três armas de fogo e diversas munições, de variados calibres.

O policial foi conduzido para Porto Velho e durante depoimento, confirmou o crime e disse que o fazia por ter sido estuprado quando criança.

O g1 questionou a Polícia Militar de Rondônia (PM-RO) sobre o caso, mas até o momento da publicação desta reportagem, não obteve retorno.