Sociedade terá a oportunidade de conhecer proposta e expressar opiniões sobre a BR-319, rodovia estratégica na Região Norte

Porto Velho, RO - Um grupo de trabalho do Ministério dos Transportes realizará, na próxima semana, uma audiência pública em Rondônia para apresentar à sociedade local os detalhes da proposta de pavimentação da BR-319. Essa rodovia desempenha um papel vital, sendo a única ligação rodoviária entre Manaus e Porto Velho com o restante do país.

Audiência Pública: Transparência sobre a pavimentação da BR-319

A reunião está agendada para começar às 9h30 da terça-feira (16), no Auditório da Superintendência local do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O evento contará com a presença de representantes do Ministério dos Transportes, incluindo o secretário-executivo, George Santoro, a secretária nacional de Transporte Rodoviário, Viviane Esse, o subsecretário de Sustentabilidade, Cloves Benevides, e o diretor-executivo do DNIT, Carlos Barros.

A audiência proporcionará à sociedade civil uma oportunidade única de entender os compromissos do governo federal com o empreendimento e expressar suas opiniões e preocupações. Além dos representantes do Ministério dos Transportes, participarão do evento entidades convidadas, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA), Federação das Indústrias de Rondônia, associações indígenas, entidades de apoio à construção da BR-319 e acadêmicos.

Desafios na Floresta Amazônica: A importância da pavimentação da BR-319

Com 885 km de extensão, a BR-319 é uma das principais rodovias federais da Região Norte, ligando Manaus a Porto Velho. No meio da Floresta Amazônica, a rodovia, conhecida por grandes atoleiros, é uma herança do período do "milagre econômico brasileiro" nas décadas de 60 e 70.

A pavimentação da BR-319 é crucial para impulsionar financeiramente a região e garantir agilidade no transporte de veículos. Apesar dos desafios complexos encontrados na rodovia, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) anunciado pelo presidente Lula em agosto do ano passado não incluiu a pavimentação da BR-319.



Desdobramentos e Desafios: O caminho até a audiência pública

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), seis processos relacionados à obra estão em andamento, incluindo o chamado 'Lote C'. Em outubro de 2023, mais de 190 deputados federais assinaram a favor da instauração de uma 'Frente Parlamentar em Defesa da BR-319'. O objetivo é garantir a manutenção adequada da rodovia em toda a sua extensão.

Os deputados propõem a criação de um canal de comunicação com o governo federal, estabelecendo um comitê para determinar o destino da rodovia. A frente busca apresentar ao governo a possibilidade de revitalizar as partes problemáticas da estrada, consolidando um esforço conjunto em prol da BR-319.