Eleições de 2024 terão disputas para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador e 152 milhões de eleitores devem ir às urnas

O ano de 2024 chegou, e parlamentares federais se mobilizam para iniciar campanhas de candidaturas para as eleições municipais. A disputa é para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 152 milhões de eleitores comparecerão às urnas.

O pleito está previsto para 6 de outubro de 2024, primeiro domingo do mês. Se houver segundo turno, a previsão é de que ocorra no último domingo do mês, 27 de outubro.

Entre os partidos que têm representação no Congresso Nacional a mobilização começou. Uma das disputas de maior destaque é pela Prefeitura de São Paulo.

O deputado federal Guilherme Boulos (PSol-SP) e o atual prefeito da cidade, Ricardo Nunes (MDB), são os principais candidatos na disputa. Pesquisa eleitoral divulgada pela Paraná Pesquisas em 13 de dezembro aponta que o deputado lidera a disputa, com 31,1% das intenções de voto. Em seguida, aparece o atual prefeito, com 25,4%.
Candidaturas oficialmente anunciadas:

PT

De acordo com a equipe do Partido dos Trabalhadores, 10 parlamentares federais anunciaram candidaturas para o próximo ano. Todos devem concorrer a prefeituras.

Alguns nomes de destaque são os da deputada Maria do Rosário (RS), segunda secretária da Mesa Diretora da Câmara, e dos deputados Washington Quaquá (RJ) e Rogério Correia (MG). Veja a lista:

  • Adriana Accorsi (Goiânia – GO)
  • Alencar Santana (Guarulhos – SP)
  • Denise Pessôa (Caxias do Sul – RS)
  • Dimas Gadelha (São Gonçalo – RJ)
  • Maria do Rosário (Porto Alegre – RS)
  • Natália Bonavides (Natal – RN)
  • Rogério Correia (Belo Horizonte – MG)
  • Waldenor Pereira (Vitória Conquista – BA)
  • Washington Quaquá (Maricá – RJ)
  • Zé Neto (Feira de Santana – BA)

Republicanos


Até o momento, somente dois deputados federais do Republicanos anunciaram candidaturas para prefeituras. O número, no entanto, deve aumentar no início de 2024.

  • Ricardo Ayres (Palmas – TO)
  • Antônio Andrade (Porto Nacional – TO)

PSol

No PSol, três parlamentares anunciaram candidaturas para prefeituras em 2024. Entre os destaques estão Boulos e Talíria Petrone (RJ).

  • Guilherme Boulos (São Paulo – SP)
  • Tarcísio Motta (Rio de Janeiro – RJ)
  • Talíria Petrone (Niterói – RJ)

União Brasil

O União Brasil anunciou formalmente deputados federais que são pré-candidatos para o pleito. Um dos nomes de maior destaque é o do deputado federal Kim Kataguiri (SP). O partido também listou nomes que iniciaram movimentações para as eleições deste ano, mas ainda não anunciaram formalmente as candidaturas.

  • Coronel Ulysses (Rio Branco – AC)
  • Paulinho Freire (Natal -RJ)
  • Nicoletti (Boa Vista – RR)
  • Busato (Canoas – RS)
  • Kim Kataguiri (São -SP)
  • Moses Rodrigues (Sobral – CE), não confirmado
  • Dr. Zacharias Calil (Goiânia – GO), não confirmado
  • Silvye Alves (Goiânia – GO), não confirmado
  • Coronel Assis (Várzea Grande – MT), não confirmado
  • Hélio Leite (Castanhal – PA), não confirmado
  • Felipe Francischini (Curitiba – PR), não confirmado
  • Juninho do Pneu (Nova Iguaçu – RJ), não confirmado
  • Cristiane Lopes (Porto Velho – RO), não confirmado
  • Dr. Fernando Máximo (Porto Velho – RO), não confirmado
  • Rodrigo Valadares (Aracaju – SE), não confirmado
  • Yandra de Moura (Aracaju – SE), não confirmado

PDT


Até o momento, o PDT divulgou apenas um nome de parlamentar federal para as eleições de 2024. É o da deputada Duda Salabert (MG), que tentará a Prefeitura de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

PSB

A deputada federal Tabata Amaral (SP) é uma das apostas do partido para a Prefeitura de São Paulo em 2024.

Alguns partidos de destaque no Congresso Nacional ainda não se manifestaram sobre a disputa eleitoral. É o caso do MDB e do PP. Podemos, PSDB, Avante, Solidariedade e Patriota também não divulgaram nomes federais que devem concorrer em 2024.
Movimentações informais

PL

Apesar de não ter anunciado nomes federais formalmente, o partido do ex-presidente Jair Bolsonaro manifestou desejo de multiplicar o número de prefeituras alcançadas desde as últimas eleições.

Presidida por Valdemar Costa Neto, a legenda pretende manter a meta de conquistar mais de 1 mil prefeituras em 2024. Em 2020, a sigla elegeu 345 prefeitos.

No Rio de Janeiro, a ideia inicial era que o senador Flávio Bolsonaro, filho do ex-presidente, concorresse à prefeitura. No entanto, após debates com o pai, o parlamentar decidiu permanecer no Congresso Nacional.

A expectativa, então, é de que Bolsonaro escolha entre os militares Walter Braga Netto, ex-ministro da Defesa, e Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde e deputado federal.

Em São Paulo, um dos nomes cotados é o do ex-ministro do Meio Ambiente e deputado federal Ricardo Salles. A expectativa também é de apoio ao senador Astronauta Marcos Pontes, ex-ministro da Ciência e Tecnologia.

PSD

O PSD ainda não anunciou uma lista oficial de candidaturas para este ano. Alguns parlamentares federais, no entanto, já iniciaram movimentações informais. Um dos nomes é o do líder do partido na Câmara, Antonio Brito (BA). O deputado foi convidado para concorrer à Prefeitura de Salvador.

A candidatura de Brito, no entanto, ainda não está acordada, já que o parlamentar também tem em vista a presidência da Câmara dos Deputados em 2025, após o fim do mandato de Arthur Lira (PP-AL). Veja a lista de possíveis candidaturas do PSD:

  • Josivaldo JP (Imperatriz – MA)
  • Marcos Aurélio Sampaio (Teresina – PI)
  • Fábio Reis (Lagarto – SE)
  • Antonio Brito (Salvador – BA).

Fonte: Metropoles