O religioso tinha 97 anos de idade e vivia na sede da Comunidade Salesiana de Dom Bosco, na Zona Leste de Manaus. Ele era da congregação dos salesiano.

Dom Walter foi nomeado bispo-coadjutor de São Gabriel da Cachoeira pelo Papa João Paulo II, em 1986. Dois anos depois, assumiu como o titular da diocese. Seu lema episcopal era: "In Novitate Spiritus".

Em janeiro de 2002, o religioso se aposentou ao completar 75 anos.

Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento do bispo.

Quem era o bispo

Dom Walter Ivan de Azevedo nasceu em São Paulo, no dia 8 de maio de 1926. Professou como salesiano em janeiro de 1944, sendo ordenado sacerdote em dezembro de 1953. Trabalhou como conselheiro, catequista e professor em Santa Catarina e em São Paulo até 1972.

Entre os anos de 1973/1974 até 1978 alcançou a láurea em Missiologia, na Universidade Pontifícia Urbaniana. Em 1976 iniciou sua experiência missionária no Norte do país, tendo trabalhado primeiramente em Rondônia por três anos. Foi inspetor da Inspetoria São Domingos Sávio dos anos 1979 a 1985.

Em 1986 trabalhava em Roma no Dicastério das Missões, quando Santa Sé o escolheu como Bispo coadjutor da Diocese de São Gabriel da Cachoeira, no alto rio Negro. Cargo que exerceu por um ano, assumindo depois a Diocese por 16 anos como sucessor de Dom Miguel Algna.

A partir de 2002, já como bispo emérito, trabalhou três anos na Missão Yanomami de Maturacá, compondo alguns livrinhos de catequese em português e em Yanomami. Desde 2007 tornou-se membro do Centro Salesiano de Formação (CESAF), como professor e confessor. Ajudou incansavelmente nas celebrações litúrgicas e formações na Area Missionária Santos Mártires.

Em novembro de 2018, transferiu-se para a comunidade salesiana do Colégio Dom Bosco, onde passou a residir.