Rondônia, Polícia 

PF, Funai e Força Nacional realizam operação em terra indígena invadida em Rondônia

A Polícia Federal e a Funai realizaram, neste sábado (27), com apoio da Força Nacional de Segurança Pública, a Operação Tapunhas, para conter e reprimir a invasão da borda norte da Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau, no município de Governador Jorge Teixeira. 

A ação foi realizada com 26 policiais federais, quatro servidores da Funai e 20 policiais alocados na Força Nacional, em dois endereços simultaneamente. Uma equipe foi até a área invadida e constatou a efetiva ocupação ilícita por aproximadamente 50 pessoas. Foram inutilizados cerca de oito barracões/tendas, além da retirada dos invasores.

Outra equipe cumpriu dois mandados de busca e apreensão nos municípios de Governador Jorge Teixeira e Theobroma, expedidos em regime de plantão pela 1ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Ji-Paraná.

As investigações foram iniciadas no decorrer desta semana após o encaminhamento de ofício pela Funai noticiando os fatos. A Polícia Federal realizou diligências que confirmaram o contexto criminoso da ação e qualificaram uma das lideranças da movimentação delituosa. 

Diante da constatação, foi representada pela Polícia Federal e autorizada pela Justiça Federal a busca e apreensão contra o suspeito, que foi preso em flagrante pela prática do crime de contrabando de produtos veterinários durante o cumprimento da diligência.

Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de associação criminosa, invasão de terras da União e desmatamento, cujas penas somadas podem chegar a 10 anos de prisão.

O nome da operação é referência à pronúncia do termo indígena “tapy’inha”, que significa branco invasor.

Rondoniagora.com