Quem são as vítimas de queda de avião em MG — Foto: Reprodução

Quem são as vítimas de queda de avião em MG — Foto: Reprodução

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, o avião caiu por volta de 10h36, mas, antes de cair, a aeronave se desintegrou no ar. De acordo com a Polícia Civil, no avião havia cinco passageiros, sendo dois homens, duas mulheres e uma criança do sexo masculino e dois tripulantes (piloto e copiloto).

Dois dos passageiros são Marcílio Franco e André Amaral, empresários do setor financeiro. Eles são sócios-fundadores da CredFranco. Nas redes sociais, a empresa publicou uma nota de pesar e informou que os empresários estavam com os familiares no avião.

Avião cai e deixa mortos na zona rural de Itapeva, MG — Foto: Redes sociais

Veja quem são as vítimas:

Marcílio Franco (direita) e André Amaral (esquerda) morreram na queda de avião em MG — Foto: Redes sociais

  • Marcílio Franco da Silveira, de 42 anos:

Marcílio Franco, vítima de acidente com avião em MG — Foto: Redes sociais

Marcílio era presidente da Associação Nacional de Empresas Correspondentes Bancárias (Anec). Ele era fundador e presidente da CredFranco e um dos fundadores da associação. Nas redes sociais, Marcílio se dizia apaixonado por cavalos.

"Marcílio Franco deixa um legado de trabalho e dedicação que será sempre lembrado por todos que tiveram a oportunidade de conhecê-lo", disse a associação por meio de uma nota de pesar compartilhada nas redes sociais.

  • André Rodrigues do Amaral, de 40 anos:

André Amaral, vítima de acidente com avião em Itapeva, MG — Foto: Redes sociais

André era sócio de Marcílio Franco, na Credfranco, e fazia parte do Conselho da Anec desde a sua fundação.

Nas redes sociais, a CredFranco informou que estará de luto nesta segunda-feira (29) e prestará todo apoio aos familiares e colaboradores. Informações sobre velórios e homenagens às vítimas serão ditas posteriormente.

  • Raquel Souza Neves Silveira, de 40 anos: esposa de Marcílio
  • Antônio Neves Silveira, de 2 anos: filho de Raquel e Marcílio
  • Fernanda Luísa Costa Amaral, de 38 anos: esposa de André
  • Geberson Henrique Tadeu Chagas Pereira: piloto. Os bombeiros informaram que Geberson é de Belo Horizonte.

Geberson Henrique Tadeu Chagas Pereira (piloto) -vítima acidente avião em Itapeva (MG) — Foto: Reprodução

  • Gabriel de Almeida Quintão Araújo, de 25 anos: copiloto

Gabriel de Almeida Quintão Araújo - acidente avião em Itapeva (MG) — Foto: Reprodução

O acidente

O acidente aconteceu por volta de 10h36 da manhã deste domingo. O avião saiu de Campinas (SP) com destino a Belo Horizonte (MG), mas caiu em Itapeva (MG). A causa da queda não havia sido informada até o momento desta publicação. Moradores informaram que choveu forte na manhã deste domingo em Itapeva.

Conforme dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave de matrícula PS-MTG foi fabricada em 1996 pela Piper Aircraft, é registrada como uma aeronave de serviço aéreo privado e não possui permissão para realizar táxi aéreo. Ela estava com situação normal para aeronavegabilidade.

Avião cai em Itapeva, MG — Foto: Redes sociais

O avião pertencia a uma empresa de crédito financeiro com sede em Belo Horizonte (MG). A EPTV, afiliada Globo, conversou com o sócio desta empresa responsável pela aeronave, que é morador de Pouso Alegre (MG).

Duas pessoas estavam desaparecidas, mas a médica-legista da Polícia Civil Tatiana Teles informou que os corpos foram encontrados embaixo do avião.

"Aeronave se partiu em três fragmentos maiores, é claro que houve fragmentos menores, em perímetro de alcance grande. Nós temos as asas e o núcleo da aeronave. Dentro do núcleo da aeronave estavam os 7 corpos. Só que esta aeronave caiu de cabeça pra baixo. Nós fizemos a retirada de quatro corpos, que era possível fazer a retirada na posição que eles estavam. Depois, o Corpo de Bombeiros nos auxiliou e essa aeronave foi virada com a autorização do Cenipa. E nós fizemos a retirada dos demais, inclusive dos tripulantes", explicou a médica-legista.

Destroços de avião que caiu em Itapeva (MG) e matou 7 pessoas — Foto: Marcelo Rodrigues/EPTV

Retirada dos corpos e identificação das vítimas

A Polícia Civil informou que está no local para os trabalhos de praxe. De acordo com a médica-legista, os corpos foram encaminhados para o IML de Pouso Alegre. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) foi acionado e deve conduzir os trabalhos.

Segundo a polícia, até o momento, não foi possível fazer a identificação oficial dos corpos.

"Foram encontrados documentos. Nós vamos fazer a confrontação datiloscópica com aqueles que foram possíveis ser feita a confrontação. Os demais nós vamos ver as técnicas de antropologia forense ou DNA que forem necessárias para fazer a identificação. Estes documentos existem, mas não necessariamente são destas pessoas. [...] Não tem como fazer identificação visual porque o nível do impacto da aeronave não permite", explicou Tatiana.

Até o momento não há informações precisas sobre as circunstâncias do acidente.

Avião cai em Itapeva, MG — Foto: Redes sociais