Na primeira final de um Australian Open sem a presença do Big-3 - Rafael Nadal, Novak DJokovic e Roger Federer - desde 2005, o público acompanhou uma das melhores partidas da história da competição. O italiano Jannik Sinner, de 22 anos e quarto do ranking, derrotou o russo Daniil Medvedev, 27 e 3º, por 3 a 2, parciais de 3/6, 3/6, 6/4, 6/4 e 6/3, em jogo com duração de quase quatro horas.

Jannik Sinner vence Daniil Medvedev final do Australian Open — Foto: 📷 Reuters

O russo, número 3 do ranking mundial, buscava seu segundo título de Grand Slam na carreira, mas tinha na memória a derrota na final do Australian Open de 2022, quando venceu os dois primeiros sets contra Rafael Nadal, mas levou a virada. Já Sinner disputou sua primeira decisão de um Major, seu melhor resultado até então tinha sido a semifinal em Wimbledon 2023.

Final do Australian Open entre Medvedev e Sinner — Foto: Divulgação Australian Open

Sinner vinha de um campanha grandiosa no torneio. Não perdeu nenhum set nas cinco primeiras partidas e, na semifinal, eliminou o maior campeão da história do torneio, o sérvio Novak Djokovic, por 3 a 1. Medvedev teve um caminho muito mais longo, com apenas uma vitória por 3 a 0, e dois 3 a 2 sofridos nas quartas de final, contra o polonês Hubert Hurkacz, e na semi, com Alexander Zverev.

Daniil teve dois sets arrasadores, quebrando o serviço de Sinner logo no início de cada um deles. No segundo set, aliás, o russo teve 5 a 1 e dominava totalmente a partida. A partir dali, Sinner entrou no jogo. Conseguiu uma quebra e, mesmo perdendo o set por 6/3, parecia ter encontrado o jogo.

Sinner na final do Australian Open — Foto: Divulgação/Australian Open

O que se viu no terceiro e quarto sets foi um Sinner vibrante, embalado pelo público, que lotou a quadra central do complexo. A torcida estava em um misto de torcer genuinamente para o italiano com o apoio a ele para assistir um jogo mais longo e emocionante. Enquanto o russo sofria para confirmar cada saque, o italiano não tinha dificuldade para fazer seus games.

No quinto set, o russo, mais velho e muito mais cansado pela longa campanha no torneio, se arrastava em quadra. Conseguiu levar o jogo igual até o 2 a 2, mas depois sucumbiu diante do italiano, que levou o primeiro Grand Slam da carreira.

1º set - Medved 6/3

O primeiro set começou com o russo agressivo e logo no terceiro game, Medvedev quebrou o serviço do italiano e adquiriu a vantagem. Sinner tentou subir a rede no break point, mas não foi feliz. Na sequência, Daniil emendou um 40 a 0 e confirmou o serviço, , testando a força mental de seu adversário que estava pela primeira vez em uma final de Grand Slam.

Medvedev se manteve agressivo durante todo o set. Assim, quando estava no 5 a 3, o russo manteve a intensidade de jogo e quebrou o serviço do Sinner, garantindo o primeiro set.

Para se ter ideia, o set terminou com as estatísticas apontando 14 winners de Medvedev contra apenas cinco de Sinner. Além disso, o russo teve um aproveitamento de 86% no primeiro serviço, sendo que em 84% ele venceu o ponto disputado.

2º set - Medvedev 6/3

No segundo set, a partida parecia que se definiria com facilidade para Medvedev, já que Sinner teve seu serviço quebrado logo no quarto game, segundo em que sacava, e Daniil abriu 4 a 1 ao confirmar seu serviço na sequência.

Medvedev não se permitiu entrar em situações desfavoráveis, colocando seu oponente sempre em situações desconfortáveis e de muita pressão, de forma a ser exercendo seu tênis agressivo, fechando em 6/3, mesmo tendo seu serviço também quebrado.

3º set - Sinner 6/4

Quando tudo parecia se definir para um 3 a 0, Sinner demonstrou tirar forças de onde nem se imaginava que pudesse haver, melhorou muito seu saque e conseguiu se livrar de diversas situações desfavoráveis e próximas do fechamento do jogo para seu rival, para ganhar sobrevida na partida.

4º set

No intervalo para o quarto set, o russo ficou mais de cinco minutos no banheiro, numa clara tentativa de esfriar a recuperação do italiano. Na volta, Sinner parecia um pouco melhor, chegou a ter alguns break-points, mas Medvedev conseguiu se livrar e o jogo seguiu igual até o 4 a 4. Mas, quando tinha 5/4 no placar, não teve jeito. O italiano aproveitou a chance que teve, quebrou o serviço do rival e levou o jogo para o quinto set.

5º set- 6/2 Sinner

Medvedev, aos trancos e barrancos, conseguiu confirmar seus dois primeiros games de saque, igualando a partida em 2 a 2. Por outro lado, Sinner, fazia seu serviço com tranquilidade. No sexto game, veio a quebra para o italiano que, embalado pela torcida, fez 4 a 2. Medvedev ainda confirmou um saque, mas Sinner, consistente, fechou o jogo em 6/3