Um comunicado publicado no site de Dragon Ball afirmou que a morte de Toriyama foi provocada por um hematoma subdural, que é quando acontece um acúmulo de sangue entre o cérebro e o crânio

O funeral de Toriyama foi reservado apenas para a família.

"Lamentamos profundamente que ele ainda tivesse vários trabalhos em andamento com grande entusiasmo. Além disso, ele teria muito mais a realizar", diz a nota.

"Ele deixou muitos títulos de mangá e obras de arte para este mundo. Graças ao apoio de tantas pessoas ao redor do mundo, ele pôde continuar suas atividades criativas por mais de 45 anos. Esperamos que o mundo único de criação de Akira Toriyama continue a ser amado por todos por muito tempo."

Além de Dragon Ball, Toriyama foi criador de vários outros mangás. Na lista está Dr. Slump (1980), Cowa! (1998), Kajika (1999), Sand Land (2000) e Neko Majin (2000).

Carreira

Montagem mostra Akira Toriyama e personagem de Dragon Ball Z — Foto: STR/JIJI Press/AFP e Divulgação

Montagem mostra Akira Toriyama e personagem de Dragon Ball Z — Foto: STR/JIJI Press/AFP e Divulgação

Akira Toriyama nasceu em 1955. Ainda criança, começou a se interessar pelos mangás. Em entrevista ao site Stormpages, ele afirmou que sempre gostou de desenhar e que seus colegas de escola foram os primeiros leitores de suas histórias.

"Quando eu era pequeno, não tínhamos tantas formas de entretenimento como hoje, então todos nós desenhávamos. Na escola primária, todos desenhávamos mangás ou personagens animados e os mostrávamos uns aos outros."

Toiriyama lançou seu primeiro mangá profissional no fim da década de 1970. Isso aconteceu após uma das principais editoras de mangás do Japão ver o trabalho do artista em um concurso de novos talentos.

Dr. Slump foi o primeiro sucesso global, na década de 1980. O mangá conta a história de uma jovem androide que tinha superpoderes.

Impacto 'Dragon Ball'

Balão do Goku, pesonagem de Dragon Ball, durante desfile da Macy's em Nova York — Foto: Mark Lennihan/AP

Dragon Ball apareceu pela primeira vez em 1984 na revista Weekly Shonen Jump. A série conta a história de um garotinho chamado Son Goku, que tem rabo de macaco e se junta aos amigos em uma busca pelas esferas do dragão.

"Dragon Ball Z" foi uma das sequências mais bem-sucedidas da saga. Adaptado para a televisão, o desenho animado foi transmitido em mais de 80 países, inclusive no Brasil.

Em 2001, Dragon Ball Z se tornou a atração mais assistida do canal norte-americano Cartoon Network, voltado para a transmissão de desenhos animados. O termo "dragonball" também chegou a ser um dos mais buscados na internet.

O fenômeno "Dragon Ball" criou uma geração de crianças e jovens apaixonados por mangás ao redor do mundo. De lá para cá, foram produzidos mais de 20 filmes da franquia e 50 videogames baseados nos personagens criados por Toriyama.

"Ainda me pergunto por que a história ficou tão popular," disse o criador em entrevista para a revista Shounen Weekly, em 2018. "Realmente não faz sentido para mim."