Avião da PF cai em Belo Horizonte e deixa dois agentes mortos

Um avião Cessna Caravan da Polícia Federal caiu, na tarde desta quarta-feira, no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, durante um voo de manutenção. Segundo o Corpo de Bombeiros, três pessoas estavam na aeronave. Duas morreram carbonizadas, enquanto a terceira foi socorrida. A Força Aérea brasileira irá investigar o caso.

Entre as vítima fatais há dois agentes da PF, que atuavam como pilotos. O mecânico foi socorrido e levado para o Hospital João XXIII em uma aeronave da PRF. Ainda de acordo com as autoridades, o avião chegou a sair da pista, e as chamas foram debeladas pela Infraero.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o local do acidente:

Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave chegou a decolar e instantes depois perdeu a altitude. O avião caiu na área lateral da pista. O Cessna da PF passava por manutenção e estava em um hangar terminal.

A Força Aérea enviou profissionais do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) para apurar o caso, envolvendo a aeronave de matrícula PR-AAB.

Rondoniagora.com