Uma menina de 10 anos, moradora de Cascadura, na Zona Norte do Rio, teve o talento para a pintura reconhecido internacionalmente: ela vai expor no Museu do Louvre, em Paris.

Sophya Helena desenha desde que se entende por gente. Há um ano e meio, após ter o talento percebido na escola e pela família, começou a frequentar um ateliê de pintura e passou a produzir telas com tinta acrílica.

Pintou tanto e tão bem que foi selecionada para expor duas obras no espaço para novos talentos – de todas as idades – do museu mais famoso no mundo.

“Isso está sendo muito grandioso pra mim, uma alegria porque muito poucas pessoas vão expor no Louvre com apenas essa idade. Então, isso está sendo um privilégio pra mim”, diz a jovem pintora.

Professora 'olheira'

Professora Débora viu potencial nos desenhos de Sophya no colégio — Foto: Reprodução/TV Globo

Foi na Escola Adventista de Jacarepaguá que o alerta para o talento da Sophia acendeu, aos 6 anos. Isso aconteceu dentro da sala de aula da professora Débora.

“Eu lembro que eu gostava muito de desenhar e eu fazia vários desenhos no meio da aula, e ela chegou pra minha mãe e perguntou se eu poderia fazer algum curso porque desde lá eu já amava desenhar e foi aprofundando aquilo", lembra Sophya.

Quadro de Sophya — Foto: Reprodução/TV Globo

“O papel do professor vai muito além do ensino, muito além do pedagógico. O professor deve olhar o seu aluno como um ser integral, como um todo. E nós estamos sempre percebendo aptidões, peculiaridades, gostos, e foi assim com a Sophia”, diz Débora Hemerly.

Agora, Shopya precisa correr para produzir obras, e duas delas serão escolhidas para o Louvre.

“Pra mim, é uma emoção, uma realização dela também. E, assim, a gente está correndo muito atrás, que não é fácil, não é mole, ela tem uma agenda apertada porque até maio ela tem que estar com as obras prontas para poder enviar”, afirma a mãe.

Tela pintada por Sophya, de 10 anos — Foto: Reprodução/TV Globo